Com o recente lançamento oficial do padrão 802.11ac para redes wireless, as empresas que atuam no ramo de conexões sem fio entraram em uma corrida frenética para inundar o mercado com aparelhos compatíveis com tal tecnologia.

No setor de roteadores, por exemplo, podemos observar uma concorrência acirrada entre o DIR-890L da D-Link e o Archer C3200 da TP-LINK; ambos possuem seis antenas, portas gigabit e capacidade para transmitir dados em velocidades vertiginosas. Porém, de nada adianta ter uma conexão WiFi poderosa se o alcance do sinal não é amplo o suficiente para cobrir todos os cômodos de sua residência – quem mora em uma casa grande certamente entende o que estamos falando.

E foi pensando nisso que a TP-LINK se antecipou em ofertar no varejo nacional o RE200, um repetidor com suporte ao protocolo 11ac e operação dual band nas frequências 2,4 GHz e 5 GHz. Ainda que seja complicado encontrar o produto nas gôndolas (sua distribuição não é das melhores, temos que concordar), o aparelho agrada por conta de seu design minimalista e do processo simples para sua configuração.

Conhecendo o produto

O TecMundo teve a honra de experimentar o gadget durante alguns dias. O TP-LINK RE200 (também anunciado como repetidor AC750, referindo-se à sua capacidade de transmissão de dados) trabalha na velocidade máxima de 750 Mbps, sendo projetado especialmente para quem tem contrato com uma banda larga de altíssima capacidade de download e upload.

Ele conta com duas antenas internas para atender simultaneamente aos aparelhos b/g/n (2,4 GHz) e 11ac (5 GHz) de sua residência, englobando smartphones, tablets, notebooks e – porque não? – desktops. Não satisfeita, a TP-LINK adicionou ainda uma porta ethernet no aparelho para que ele consiga alimentar dispositivos que funcionam exclusivamente com cabos RJ45 (vídeo games, reprodutores de Blu-ray etc.).

Vale lembrar que o protocolo 11ac foi projetado justamente para adequar as conexões WiFi ao novo cenário mundial de conectividade residencial: com o crescente número de dispositivos inteligentes que temos em nossas casas, torna-se necessário o uso de uma rede rápida, estável e que se estenda por todos os aposentos.

Tirando da caixa

Ao abrir a embalagem do RE200, o consumidor encontra o repetidor em si, um simples manual de instruções, um CD-ROM contendo alguns softwares opcionais e um cabo RJ45 de cerca de um metro.

Como comentamos anteriormente, a instalação do produto é muito rápida: o primeiro passo é simplesmente conectá-lo em uma tomada convencional, prestando atenção para posicioná-lo no limite de sua rede WiFi principal e razoavelmente afastado dos dispositivos móveis que se conectarão ao próprio – a TP-LINK sugere que ele seja instalado em corredores e outras áreas de trânsito.

Há duas formas de configurar o gadget para que ele comece a expandir seu sinal wireless. Se o seu roteador também for um TP-LINK equipado com a exclusiva tecnologia WPS (um protocolo de autenticação e comunicação rápida entre dispositivos da marca), basta pressionar o botão WPS do roteador e, em seguida, apertar o mesmo botão que se encontra no repetidor. Os aparelhos trocarão informações entre si e o RE200 automaticamente inicia a expansão de seu WiFi.

A segunda forma de configurar o produto é através do browser de seu computador, tablet ou smartphone. Com o RE200 devidamente plugado em uma tomada, desconecte seu aparelho da rede WiFi principal e entre na recém-inaugurada conexão “TP-LINK_Extender_XXGHz”. Em seguida, abra o navegador e digite http://tplinkextender.net; na janela que se abre, faça login usando o login e senha “admin”.

No painel de gerenciamento do repetidor, o usuário pode escolher a rede WiFi que deseja expandir, informar a senha da própria e configurar o nome do sinal emitido pelo RE200 (retirando assim a nomenclatura padrão de TP-LINK_Extender_XXGHz). Vale observar que este método de configuração manual é dividido em duas etapas: o produto primeiramente checará a existência de redes 2,4 GHz para só então pesquisar por conexões de 5 GHz.

Nossas impressões

Toda a comunicação do RE200 com o usuário é feita através de cinco luzes LED bastante discretas. Da inferior a superior, elas indicam que o repetidor está ligado, que há um dispositivo conectado via porta ethernet, que a emissão de sinal wireless está ativa e as redes que estão atualmente sendo repetidas (um LED para a rede 2,4 GHz e outro para a 5 GHz). Se um desses últimos dois LEDs estiver aceso na cor vermelha, o aparelho está avisando que a conexão correspondente está com problemas.

No geral, nossa experiência com o RE200 foi a melhor possível. O dispositivo é tão simples e amigável que até mesmo quem não tem conhecimentos técnicos em informática consegue configurá-lo sem problemas, especialmente através do manual de instruções incluso na embalagem. A rede emitida pelo produto é estável e, mesmo desrespeitando a sugestão da TP-LINK de mantê-lo longe dos aparelhos conectados, não enfrentamos qualquer tipo de distúrbio interferência no sinal.

Naturalmente, não pudemos fazer testes complexos com o RE200 (o que exigiria a construção de um laboratório com cenários propícios para uma análise detalhada da transmissão de dados), mas em medições “home made”, concluímos que a perda de velocidade é mínima com o novo repetidor da TP-LINK. Um speedtest feito diretamente na rede do roteador resultou em 2,26 Mbps de download e 1,15 Mbps de upload; conectado ao RE200, os resultados mudaram para 2,13 Mbps de download e 1,02 Mbps de upload.

Como dissemos anteriormente, ainda é complicado encontrar o produto no mercado brasileiro: ele pode ser encontrado no mercado alternativo (Mercado Livre e similares) por valores que flutuam entre R$ 150 e R$ 190. Acreditamos ser um valor justo para um aparelho dual band compatível com o padrão 11ac, visto que não é complicado achar muitos repetidores mais modestos (que trabalham exclusivamente com a frequência 2,4 GHz) por R$ 130 ou até mesmo mais.

Cupons de desconto TecMundo: