Imagem de: Tem um aplicativo que simula o WhatsApp? Cuidado: você pode ser banido

Tem um aplicativo que simula o WhatsApp? Cuidado: você pode ser banido

1 min de leitura
Avatar do autor

Não é de hoje que alguns usuários do WhatsApp recorrem a versões modificadas do aplicativo para ficar em contato com amigos, familiares e conhecidos, como o WhatsApp+ e o WhatsAppMD. Se você está nesse grupo é bom tomar cuidado, pois a equipe responsável pelo original está banindo aqueles que recorrem a esses apps.

Recentemente, o WhatsApp iniciou uma campanha para fazer com que seus usuários parem de recorrer a um software que não foi desenvolvido ou autorizado pela empresa. Caso o time descubra o uso desses aplicativos, o “felizardo” perderá o acesso ao programa original por 24 horas, e só poderá voltar a usá-lo após desinstalar o app derivado.

Diversos usuários estão relatando que algumas de suas contas foram banidas temporariamente. No fórum XDADevelopers, por exemplo, há a menção de pessoas que ficaram sem acesso ao WhatsApp por recorrerem ao WhatsApp+, como é possível ver neste tópico.

“O WhatsApp+ contém códigos fonte, os quais o WhatsApp não garante serem seguros, e também não garantimos que suas informações pessoais não estejam sendo repassadas a terceiros sem que você saiba ou sem sua autorização. Por favor, desinstale este aplicativo e instale uma versão autorizada do WhatsApp”, diz uma mensagem publicada pela equipe do aplicativo em seu site oficial.

Recebeu essa mensagem? Então é bom se preocupar...

Fechando o cerco

Pelo visto, a equipe do WhatsApp não está brincando quando dá a entender que vai fechar o cerco a programas de terceiros, e uma prova disso é a mensagem publicada por Mounib Al Rifai, um dos responsáveis pela comunidade do WhatsApp+, no Google+.

“Recebemos uma carta do WhatsApp e fomos obrigados a remover todos os links de download [do WhatsApp+] e infelizmente apagar essa comunidade. Sinto muito, mas isso é algo que está fora do nosso alcance e o WhatsApp nos encurralou de uma forma que não podemos escapar. Esse foi um passeio divertido que chegou ao fim”, escreveu Rifai.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Tem um aplicativo que simula o WhatsApp? Cuidado: você pode ser banido