O Whatsapp adiou o lançamento de seu serviço de chamadas de voz até meados do ano que vem, informou seu fundador Jan Koum na conferência Code/Mobile nos Estados Unidos. O atraso é devido a alguns “obstáculos técnicos” que a companhia está enfrentando para tornar a ferramenta disponível a todos os usuários.

Os planos de trazer para a aplicação um serviço chamadas de voz foi anunciado em fevereiro de 2014 pela empresa, que pretendia fazer a atualização no segundo trimestre deste ano. Entre as dificuldades que Koum disse que estão tendo, está o acesso ao microfone de alguns modelos de smartphone.

Durante o evento, o desenvolvedor também falou da aquisição de sua empresa pelo Facebook, comentando que não acha que o Whatsapp e o Facebook Messenger sejam concorrentes — ainda que o Messenger já possua chamadas de voz. Para ele, o fato de um estar nos dispositivos móveis e desktops e de o outro estar exclusivamente nos dispositivos móveis anula qualquer ideia de competição.

Cupons de desconto TecMundo: