(Fonte da imagem: geek.com)

Você já ouviu falar do tablet da HP de codinome “Opal”? O modelo, que faria parte de uma linha com o tablet “Topaz”, teve algumas novidades tímidas durante seu desenvolvimento, mas tudo indicava que o aparelho, que contaria com uma rede 4G e teria uma memória de até 32 GB, chegaria às lojas num futuro próximo.

Mas, há alguns dias atrás, veio a surpresa: a HP desistiu de produzir o tablet. O motivo? Diversos problemas tanto de software quanto de harware. A começar pelo sistema operacional, o WebOS 3.0, utilizado nos dispositivos da Palm, que foi alvo de várias críticas nos testes, pois parecia atrasado com relação aos concorrentes e apresentava bugs.

Embora o problema principal estivesse no WebOS, os defeitos encontrados no projeto eram muitos, de acordo com o site gdgt. Tudo ficava pronto apenas no último minuto e a equipe desenvolvedora, formada pelos funcionários da Palm (que foi comprada pela HP por 1,2 bilhões), simplesmente não conseguiu mostrar um desempenho no nível desejado.

Mesmo após declararem o fim do Opal, alguns defensores do WebOS estão fazendo de tudo para levar o assunto até o topo da empresa e conseguir uma última chance para o sistema operacional, usando como argumento o grande interesse do público na plataforma. Mas, se isso não funcionar, esse provavelmente será o suspiro final do SO da Palm.

Cupons de desconto TecMundo: