A fundação Mozilla, que faz o navegador Firefox, mostrou uma prévia da WebGL 2, que vai permitir o uso de gráficos 3D complexos direto no browser. Durante a Game Developers Conference, a companhia mostrou um vídeo que dá uma palhinha da nova tecnologia.

O antecessor Web Graphics Library permitia, na própria página web, o uso de física, processamento de imagens e efeitos gráficos acelerados pela GPU, tudo isso interagindo com os elementos-padrão de HTML.

O WebGL 2 ainda está em desenvolvimento pelo WebGL working group, que é controlado por um consórcio de experts em hardware e software chamado The Khronos Group. A atual versão é baseada na tecnologia OpenGL ES 2.0, mas a versão final terá as funções da ES 3.0.

Upgrade

A nova tecnologia vai eliminar várias restrições e adicionar novas capacidades ao WebGL 1, segundo o The Khronos Group. A anterior exigia apenas um mínimo de 8 texturas renderizadas ao mesmo tempo, número que no WebGL2 sobe para 32.

O vídeo foi feito com a ajuda da companhia Unity, que lançou hoje o motor multiplataforma Unity 5. Essa versão mais recente tem uma função experimental que permite exportar em WebGL, ou seja, os projetos poderão ser rodados em navegadores.

Por enquanto, ainda não há uma data de lançamento para a WebGL 2.

Cupons de desconto TecMundo: