Você já acessou sua rede social hoje? Qual delas? Caso você tenha parado para pensar na segunda pergunta, é possível que você já esteja dominado pelo poder da web 2.0. Isso quer dizer que você conta com perfis nas principais redes de relacionamento que circulam por aí, como o Twitter, Orkut, Facebook e outros.

Mas será que conseguimos gerenciar nossas contas de forma satisfatórias? Quando era apenas o Orkut, tudo bem, pois as atualizações eram constantes e as pessoas estavam sempre lá para receber mensagens e comentar suas fotos. Mas e agora? Como você faz para atualizar todas as páginas que utiliza?

A vida com redes sociais

Agora pense na cena (e se identifique): você foi convidado para uma formatura. E lá vai você com seu celular e máquina fotográfica se divertir. Já tuitou na entrada dos formandos pelo celular e, no dia seguinte, é hora de atualizar as páginas.

Aproveite e festa e depois poste nos sites

Você irá colocar as imagens no Facebook (e no Orkut) dos melhores momentos, fazer um post no blog sobre “10 festas para lembrar” e ainda tuitar que não cansa de ouvir a música YMCA que rolou (ah, que você também está ouvindo pela Last.FM). Resultado? Perde o dia todo na frente do computador apenas acessando cada uma das páginas.

Percebeu o problema? E olha que citamos apenas cinco sites nesta pequena historinha. Isso quer dizer que você passou boa parte do seu dia na internet, uma vez que seu tempo livre acabou gasto com as redes sociais (ao invés de ir com a turma toda no barzinho, para comentar a festa do dia anterior – algo que você fica sabendo horas depois, pelo Twitter).

O início da febreO que é possível reparar é que o gerenciamento das redes sociais está cada vez mais fazendo parte da nossa vida, uma vez que existe uma quantidade exorbitante de novos sites para gerenciar. Se tomar conta do Orkut já era uma tarefa que demandava tempo, imagine agora com 10 redes diferentes para você acessar todos os dias!

Mudando o foco

Para as redes sociais, o acesso é fundamental

Devido à impossibilidade de atualizar várias redes ao mesmo tempo (ok, você deu conta de todas, mas não sem sacrificar um tempo precioso), a tendência de comportamento de muitos é focar em apenas algumas redes e cometer “suicídio de perfil” em outras. Quem prefere Facebook para imagens, por exemplo, deleta a conta do Orkut, pois não vale a pena manter dois sites para compartilhar fotos.

Sites são criados e somem na velocidade da internet, e muito se especula sobre o porquê algumas redes perpetuam e outras não. O que parece ser um padrão, no Brasil, é que sites contam com ideias boas, nem que executadas de forma simples, estarão entre sites com um bom número de participantes. Mas isso não é regra, e muitos sites legais somem por falta de acesso.

Outra tendência é a migração para outras redes dos que se consideram veteranos em um site específico. Aqueles que estão em grandes sites desde o primórdio já enjoaram daquelas ferramentas e procuram novas opções. Estes irão à caça de novos sites, fazendo que novas redes sociais de qualidade sejam descobertas, e o ciclo seja reiniciado.

Integração

Um fenômeno que se percebe é a quantidade de sites que estão em integração. Quem tem uma conta do Google, por exemplo, agora pode entrar no YouTube com a mesma senha. Isso faz com que muitos sites fiquem ligados, e economiza bastante tempo na hora de acessar um ou outro (além da propaganda mútua do site na outra página, o que aumenta o número de acesso em ambas).

Passa-se mais tempo usando a internet

Cada vez mais é possível encontrar também programas que contam com botões para compartilhar informações diretamente nos sites de relacionamento. Com isso você é capaz de dividir imagens ou comentários mais rapidamente, deixando as páginas sempre integradas para espalhar seus interesses, um dos objetivos principais da web 2.0.

Gerencie seu tempo

Além disso, programas estão sendo criados para facilitar a vida do usuário que quer manter-se atualizado em todas as páginas, sem abrir mão de nenhuma rede social.

O Yoono, por exemplo, conecta o usuário em várias redes de uma só vez, além de ser usado como mensageiro instantâneo para o MSN, Google Talk e Yahoo! Messenger de uma só vez. Com isso, o tempo pode ser economizado, e não é preciso abrir uma página de cada vez para ver as atualizações dos seus amigos.

Outros programas estão mais focados nos sites do momento no Brasil, ou seja, o Facebook e o Twitter. Dessa forma, você posta ou acessa dois sites de uma só vez, o que facilita bastante na hora de gerenciar a vida virtual.

Conclusão

As redes sociais vieram para ficar, isso é um fato. Nem que algumas delas percam a força, outras surgem com novas ideias e o ciclo reinicia, com todas as polêmicas a que têm direito.

Mas a pergunta permanece: estamos dando conta de gerenciar nossa vida digital? A resposta parece ser sim, uma vez que estas não perdem força. O que acontece é um novo direcionamento desses interesses. As redes sociais estão se especializando, e cada um entra naquilo que mais lhe agrada.

Compartilhe seus momentos também ao vivo e em cores

Mas se esta prática está atrapalhando sua vida, é bom ficar de olho e mudar certos comportamentos pessoais, ou realmente diminuir a preocupação excessiva com este tipo de serviço. É legal mostrar as fotos pelo Facebook, mas pode ter certeza, muito mais legal é participar da festa para ter o que mostrar depois.

Participe!

E você? Está logado em sites sociais? Dê sua opinião e compartilhe suas experiências nas grandes redes socias espalhadas por aí. Não deixe de participar e fazer seu comentário!

Cupons de desconto TecMundo: