A fabricante Misfit, conhecida fora do Brasil por seus dispositivos vestíveis, anunciou recentemente uma nova versão da Shine, sua pulseira inteligente que monitora atividades e sono. Batizado simplesmente de Shine 2, o wearable chega ao mercado no dia 1º de novembro agora ao preço de US$ 100 (cerca de R$ 390,70) e ganhou melhorias tanto na parte externa quanto na interna em relação ao seu antecessor.

A tira que envolve o pulso do usuário está um pouco mais fina, além de agora contar com uma versão na cor rose gold, em adição ao modelo preto. Os pequenos LEDs que fazem o papel de visor do dispositivo agora possuem 12 cores, mostrando diferentes padrões para cada tipo de notificação. O Shine 2 funciona com uma bateria de relógio, que dura em média seis meses.

O novo modelo também conta com um motor de vibração, ativado quando alguma notificação nova chega, além de um magnetômetro para complementar o acelerômetro da versão anterior. Com isso, os praticantes de esportes e atividades físicas poderão programar a pulseira para vibrar quando estiverem sentados por tempo demais, por exemplo. O mecanismo também pode fazer as vezes de despertador pela manhã, vibrando até que o usuário acorde e o desligue.

O magnetômetro também melhora a precisão do Shine 2 na hora de registrar os movimentos da pessoa que o estiver usando durante a prática de esportes, de acordo com as informações liberadas durante seu anúncio. Para melhorar a comunicação do dispositivo com o app de celular usado para programá-lo, ele conta com conexão Bluetooth 4.1, o que também permite usá-lo para tirar uma selfie ou passar músicas no smartphone. A pulseira inteligente é compatível tanto com Android quanto com iOS.

Você costuma utilizar algum app ou wearable enquanto pratica atividades físicas? Qual? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: