Uma estimativa recente da International Data Corporation (IDC) mostra que a demanda por acessórios tecnológicos em 2015 pode crescer até 173,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

Isso significa um total de mais de 72 milhões de unidades, incluindo relógios inteligentes, pulseiras esportivas e outros acessórios eletrônicos que podem ou não conter uma tela.

Especificamente para os produtos inteligentes, como os smartwatches, a estimativa apresenta um crescimento possível de 683% com relação a 2014, diminuindo (e muito) a diferença com relação aos chamados "wearables básicos" (pulseiras como a Nike Fuelband).

Segundo um dos analistas, Jitesh Ubrani, é esperado que em 2016 os acessórios inteligentes ultrapassem os mais básicos. Ele ainda acrescenta que "acessórios como o Apple Watch e o Hololens da Microsoft são indicativos de uma mudança crescente na computação, e a transição dos acessórios básicos para os inteligentes abre novas oportunidades para fornecedores, desenvolvedores e criadores".

Cupons de desconto TecMundo: