A imagem que se popularizou internet afora nesta semana e que exibe o suposto “Mi Band 2” mostra, na realidade, a pulseira inteligente ZeaPlus Band. Quem fez o esclarecimento foi a própria fabricante estadunidense do acessório vestível (e concorrente da Xiaomi). Depois de notar a popularização de rumores sobre a chegada da segunda edição do Mi Band, a ZeaPlus logo tratou de colocou fim às especulações e, aproveitando a publicidade acidental de seu produto, anunciou o novo gadget.

Com tela sensível ao toque OLED de 0,69 polegada e resolução de 96x16 pixels, a ZeaPlus Band é compatível com sistemas Android e iOS. Sua certificação IP67 garante proteção contra quedas, poeira e à água; em modo stand-by, o aparelho pode durar de 20 a 30 dias com uma única carga. A conexão junto de smartphones é feita via NFC – o suporte a Bluetooth 4.0 também é fornecido.

O wearable vai custar US$ 12 (cerca de R$ 36, se desconsiderados os impostos) e será disponibilizado em cinco cores: preto, azul, laranja, verde e púrpura. A data de lançamento não foi anunciada pela ZeaPlus, mas é bastante provável que a pulseira chegue ao mercado dentro dos dois próximos meses.

Cupons de desconto TecMundo: