Sistemas portáteis demandam o melhor aproveitamento energético possível, então, as partir disso, incluir dispositivos que consomem menos energia parece ser o objetivo de todo mundo. Pensando nisso, pesquisadores da sede de San Diego da Universidade da Califórnia criaram pequeno termômetro que funciona quase sem consumir energia.

Para trabalhar, o equipamento consome somente 133 picowatts, quantia 10 bilhões de vezes inferior a um único watt, e isso é possível graças a basicamente dois fatores. O primeiro deles é o vazamento de elétrons graças ao tamanho reduzido do transístor — algo que geralmente é um problema para outros componentes, mas que aqui se torna um benefício, pois são esses elétrons vazados que geram energia.

“Muitos pesquisadores tentam se livrar do vazamento de corrente, mas nós estamos explorando isso para construir uma fonte de corrente elétrica ultrabaixa”, afirma o autor do projeto Hui Wang em comunicado.

Sensor de temperatura é minúsculo.

Outra alteração feita no pequeno sensor de temperatura criada por Wang permite que o ele utiliza pouquíssima energia na hora de converter a temperatura percebida para um indicador digital. O resultado disso é um termômetro capaz de medir de -20°C até 40°C, tudo isso consumindo 628 vezes menos energia do que o melhor termômetro (no aspecto de eficiência energética) da atualidade. E tudo isso em um dispositivo minúsculo.

Pequeno e versátil

Dado o seu tamanho, um dispositivo como esse poderia ser implementado em roupas tecnológicas ou em outros dispositivos vestíveis ou mesmo em sensores de temperatura instalados em residências. Ele realiza apenas uma leitura de temperatura por segundo, mas seus criadores garante que isso é o suficiente para realizar medições em ambientes. O próximo passo agora é aprimorar o design e a precisão do equipamento, que pode ganhar versões comerciais ao longo dos próximos anos.

Cupons de desconto TecMundo: