O criador do toca-fitas individual e portátil, precursor do aparelho popularmente conhecido em todo o mundo como Walkman, conversará com internautas nesta quarta-feira, 3 de dezembro, às 14h. Para acessar o conteúdo, siga a página do Senai no Facebook. O alemão Andreas Pavel participará de um Face to Face, ferramenta do Facebook em que os internautas conversam com o convidado. Pavel é um dos participantes da Open Innovation Week, realizada no WTC, em São Paulo. O evento é realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).

Nascido em 1945, em Aachen, na Alemanha, Andreas Pavel mudou-se para o Brasil aos seis anos de idade quando o pai veio trabalhar em São Paulo. Aos 27 anos, criou o que seria uma revolução mundial no consumo de música. O aparelho, batizado de stereobelt – algo como “cinto estéreo” – era o reprodutor portátil de fita cassete e individual.  Em 1977, a patente da invenção foi registrada em vários países, mas a proteção não trouxe sossego nem lucro imediatos.

Isso porque, um ano depois, a gigante da indústria eletrônica Sony lançou o Walkman sem referência ao trabalho de Pavel. Já em 1980, eles foram para os tribunais. A disputa pelos direitos da invenção durou duas décadas. Até que em 2004, foi selado um acordo confidencial entre eles. Dos valores sabe-se apenas que são em “milhões de dólares”, sem especificar o tamanho exato da cifra. O acordo concede a Pavel o reconhecimento da Sony como inventor original do Walkman.

Na programação da Open Innovation Week – evento que promove a inovação aberta e colaborativa – Pavel falará sobre o cuidado com os concorrentes e com as invenções. No bate-papo com os internautas, a conversa também incluirá criatividade, o valor das patentes e a importância da inovação na vida de quem quer empreender. “Ninguém precisa ser gênio para ser inovador. Quem quiser pode, sim, inovar”, acredita Pavel.

Cupons de desconto TecMundo: