Sea of Thieves terá grandes eventos narrativos ao longo de 2022

3 min de leitura
Imagem de: Sea of Thieves terá grandes eventos narrativos ao longo de 2022

Sea of Thieves está preparando para os jogadores o conteúdo mais “ambicioso” desde o lançamento do título. A promessa é de Mike Chapman, diretor criativo do game que conversou com o Voxel sobre todas as novidades que chegarão ao jogo ao longo de 2022. Dentre os destaques, estão eventos narrativos mensais, quests com dicas até fora do jogo, novas mecânicas, monstros etc.

Chapman diz que atualmente o jogo tem mais de 25 milhões de players e que toda a equipe espera um aumento do público neste ano. Para que isso aconteça, a estrutura foi repensada para criar mais engajamento e um apelo emocional com a comunidade.

“Nós quisemos fazer que o mundo de Sea of Thieves se transforme em um lugar ainda mais rico e dinâmico para os jogadores. Sempre que eles entrarem nele, terá algo novo para ser descoberto e uma nova aventura para se embarcar”, Chapman argumentou.

O começo da nova jornada será em março, quando estreia a Season 6. As temporadas, inclusive, serão renovadas a cada 3 meses (a 7ª estreia em junho, a 8ª em setembro e a 9ª em dezembro de 2022) e terão novas mecânicas, progressões, recompensas, além de histórias inéditas.

A próxima temporada terá, por exemplo, os Sea Forts, ou fortes marítimos. Eles são espécies de dungeons em formato de prisões, por exemplo, que poderão ser explorados para se encontrar itens, descobrir elementos do enredo do game e mais.

Além das seasons, Chapman comentou, com mais detalhes, as outras novidades do “novo” Sea of Thieves.

Adventures

O diretor criativo explicou que as Adventures são eventos ao vivo que contarão uma história específica. A primeira narrativa, que se chamará “Shrouded Islands”, será lançada em 17 de fevereiro, e as seguintes serão disponibilizadas mensalmente e durarão cerca de 2 semanas cada. De acordo com o profissional da Rare, esses eventos serão acompanhados de vídeos cinematográficos.

“Nós queremos que os jogadores se importem com as histórias contadas nas Adventures. Elas foram pensadas para ser mais passionais, e a nossa intenção é que todos se sintam emocionalmente ligados aos acontecimentos, que vão alterar esse mundo de Sea of Thieves”, comentou Chapman.

Ele exemplifica que personagens queridos do público vão desaparecer e que, no enredo das histórias, será explicado como aconteceu o crossover do mundo do jogo com a franquia dos Piratas do Caribe, por exemplo.

Sea of Thieves

No final de cada temporada, as Adventures terão um grande evento especial, que será o finale. “Eles darão uma conclusão a essa história que nós contamos ao longo desses meses, e será épico”, prometeu Chapman.

Apesar de uma linha narrativa, as aventuras serão guiadas pelos próprios jogadores. “A própria comunidade dará encaminhamento ao enredo, ou seja, os acontecimentos futuros dependerão das escolhas que os jogadores tomarão ao longo do tempo”.

Mysteries

No caso dos Mysteries, o diretor criativo explica que eles serão desafios para a comunidade. O modo de jogo é uma espécie de grande investigação que terá dicas e pistas não só dentro do mapa de Sea of Thieves, como fora, nas redes sociais do jogo e no site oficial, por exemplo.

“Serão mistérios em relação a assassinatos, aparição de fantasmas e mais enigmas que precisarão ser resolvidos em conjunto pelos jogadores”, explicou Chapman. Diferentemente das Adventures, os Mysteries serão mais longos e não terão um fim a cada nova temporada. A partir da progressão e da resolução dos quebra-cabeças, novas pistas serão adicionadas para que os players tenham novos desafios para descobrir.

Sea of Thieves

“As Adventures, Mysteries e as Seasons constituem os novos pilares de Sea of Thieves e coletivamente representam a nova visão da Rare para entreter não só os jogadores antigos, mas também trazer novatos”, disse Chapman.

Outros anúncios

Chapman explicou que, para realizar essa mudança de direção do game, foi preciso fazer algumas escolhas, como criar novas histórias — todos os assets demandam bastante trabalho — e realocar os desenvolvedores, além de deixar alguns modos de lado. Esse é o caso da Arena, que será descontinuada a partir da Season 6. De acordo com a Rare, pouca gente estava jogando o modo de jogo competitivo.

Sea of Thieves

Sea of Thieves é um jogo que nunca foi tão popular quanto agora, mas a gente sentia que tinha algo faltando. Essas novidades foram pensadas para que os jogadores se envolvam mais e se apaixonem por esse mundo dos piratas”, finalizou Chapman.