8 cientistas malucos do mundo dos games

3 min de leitura
Imagem de: 8 cientistas malucos do mundo dos games
Imagem: JC
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Há um ditado que diz “de cientista e louco, todo mundo tem um pouco”. Isso pode até ser verídico na vida real, mas o fato é que, no mundo dos games, há alguns cidadãos que levam esses termos a níveis bastante altos (e talvez até mesmo insanos) por conta de seus atos.

Na lista que você confere neste artigo, listamos oito dos cientistas mais malucos do mundo dos games – e, como sempre, convidamos você a utilizar o espaço destinado aos comentários para compartilhar outros nomes que não estejam nesta relação.

1. Dr. Robotnik

(Fonte: Tectoy/Reprodução)(Fonte: Tectoy/Reprodução)Fonte:  Tectoy 

Talvez um dos mais antigos dessa lista, Dr. Ivo Robotnik decidiu usar seu impressionante QI de 300 e afinidade com máquinas para criar dispositivos capazes de aprisionar animais e, dessa forma, virar uma pedra no sapato de Sonic. Claro que suas ações não ficaram presas apenas a este campo, e não importa quantas vezes o velocista azul e seus amigos coloquem um fim em seus planos, ele sempre encontra tempo para pensar em novas formas de espalhar a maldade por onde passa.

2. Dr. Willy

(Fonte: Mega Man Wiki/Reprodução)(Fonte: Mega Man Wiki/Reprodução)Fonte:  Mega Man Wiki 

Eis aqui o caso de alguém que não começou extremamente como alguém malvado, mas acabou seguindo por este caminho. Inicialmente ele trabalhava em conjunto com Dr. Light na criação de robôs para benefício da humanidade, mas acabou enxergando nestas máquinas uma forma de dominar o mundo. Logo, foi apenas uma questão de tempo para que ele se tornasse uma ameaça das mais perigosas, forçando Mega Man a seguir em seu encalço no intuito de colocar um fim em seus planos nos títulos numéricos da franquia estrelada pelo robô azul.

3. Dr. Loboto

(Fonte: IGN/Reprodução)(Fonte: IGN/Reprodução)Fonte:  IGN 

Esse cientista ganhou fama na série Psychonauts após abrir uma clínica odontológica onde se propunha a tratar não apenas problemas dentários, mas também o cérebro de seus pacientes – e para ele, cérebros ruins devem ser removidos da mesma forma que dentes que não prestam. Para piorar a maluquice do cidadão, ele utiliza estes cérebros para a construção de máquinas com fins bastante duvidosos, o que certamente faz dele um maluco.

4. Professor E. Gadd

(Fonte: YouTube/Reprodução)(Fonte: YouTube/Reprodução)Fonte:  YouTube 

Talvez um dos poucos que não use sua inteligência para fins maléficos, Professor E. Gadd possui apenas uma aparência que faz com que ele pareça um pouco “tãtã das ideias”. Porém, foi graças aos seus esforços que tivemos a chance de conhecer equipamentos como a Poltergust 3000 de Luigi’s Mansion e o Flash Liquidizer Ultra Dousing Device (ou F.L.U.D.D. para os mais íntimos) de Super Mario Sunshine.

5. Dr. Nefarious

(Fonte: YouTube/Reprodução)(Fonte: YouTube/Reprodução)Fonte:  YouTube 

Vilão da série Ratchet & Clank, este megalomaníaco tem aversão a todas as formas orgânicas de vida, ainda que tenha sido um humano em algum momento de sua trajetória (sua aparência acabou alterada posteriormente por conta de um acidente). Antes ele tinha um exército de criaturas orgânicas ao seu dispor, mas acabou transformando todas elas em robôs – e a ideia era fazer com que toda vida na galáxia fosse dessa forma, mas seus planos foram frustrados por Ratchet e Clank em vários momentos.

6. Dr. Neo Cortex

(Fonte: Xbox/Divulgação)(Fonte: Xbox/Divulgação)Fonte:  Xbox 

Vindo diretamente da série Crash Bandicoot, Dr. Neo Periwinkle Cortex é a definição completa de cientista do mal. Além de ter estudado na Academima do Mal, ele seguiu com planos de dominação mundial após a sua formatura e começou a criar um exército de super soldados tendo como base animais que seriam modificados ao usar o seu Evolvo-Ray. O próprio Crash Bandicoot acabou se tornando um experimento falho que se voltou contra ele, e por conta disso o maluco criou diversos dispositivos para tentar acabar com a vida do protagonista dos games que levam seu nome.

7. Professor Hojo

(Fonte: Twitter/Divulgação)(Fonte: Twitter/Divulgação)Fonte:  Twitter 

Sephiroth é o principal vilão de Final Fantasy VII, mas Professor Hojo também tem seu grau de participação na vilania do sétimo título da franquia de RPG da atual Square Enix. Como chefe da Divisão de Pesquisa Científica da Shinra, ficou obcecado quando descobriu o Jenova, dando início ao Jenova Project do qual nasceu Sephiroth. Aliás, para ele pouco importava o fato de seu “filho” ser uma ameaça para o mundo, pois seu objetivo foi cumprido.

8. Doctor Bosconovitch

(Fonte: YouTube/Reprodução)(Fonte: YouTube/Reprodução)Fonte:  YouTube 

Este personagem da série Tekken também se encaixa na relação dos cientistas malucos. Ele foi o responsável por criar vários androides originários de Jack, além de “trazer” sua filha morta de volta à vida graças à geração do androide Alisa Bosconovitch. Este personagem foi introduzido como um lutador extra em Tekken 3, mas já havia aparecido nos outros títulos da franquia anteriormente (no primeiro Tekken, por exemplo, ele chegou a ser sequestrado por Kazuya Mishima).

Fontes