GeForce Now suspende inscrições de novos usuários no Brasil

1 min de leitura
Imagem de: GeForce Now suspende inscrições de novos usuários no Brasil
Imagem: Nvidia
Avatar do autor

Como informado em primeira mão pelo Voxel, o GeForce Now finalmente estreou no mercado brasileiro nesta quinta-feira (14), mas o sucesso acabou criando problemas para a plataforma. No fim do dia de estreia do serviço de streaming na América Latina, a Abya — empresa que comanda as operações na região — suspendeu o cadastro de novos usuários.

Em um comunicado enviado por e-mail, a empresa disse que o registro de novos usuários no GeForce Now foi desativado por tempo indeterminado no Brasil. Além de afetar o nosso país, a medida também está em vigor em outros locais da América Latina que receberam o serviço, como Uruguai e Argentina.

GeForce NowFonte: Nvidia

De acordo com a companhia, a demanda pelo serviço foi tão grande que gerou uma sobrecarga, atrapalhando o uso da plataforma. Aqui no Voxel, nós testamos a versão gratuita do serviço e, em alguns momentos, o aplicativo deixava de funcionar devido ao alto número de jogadores utilizando o app. Na edição paga, foi possível jogar durante o dia de estreia com mais tranquilidade, mas esperando algum tempo nas filas de acesso ao servidor.

Evitando mais problemas

Com a suspensão de novos cadastros, a empresa visa manter o controle do serviço e garantir que o streaming de games funcione na região da América Latina para clientes que já estão cadastrados. “Para garantir uma boa experiência aos nossos usuários, tivemos que pausar novas assinaturas até que possamos resolver o problema”, diz o comunicado. “Estamos trabalhando para resolver o problema causado pela grande demanda neste primeiro dia de inauguração.”

A Abya também se desculpou com os usuários e disse que futuramente anunciará quando as inscrições para o serviço serão reabertas. É importante ressaltar que a medida só afeta a criação de novas contas: quem já realizou um cadastro pode usar a ferramenta de maneira gratuita ou assinar o plano pago, que custa R$ 44,99 mensais.

O GeForce Now chegou ao Brasil com uma modalidade sem custos que permite acessar o servidor da Nvidia e jogar games que o usuário tem no PC durante sessões de 30 minutos, com uma fila de espera para acessar os servidores. Na edição paga, a plataforma permite realizar o streaming por até seis horas seguidas e garante acesso prioritário aos PCs na nuvem, bem como gráficos com Ray Tracing e DLSS.