Overwatch 2: Bastion ganha um chapéu e mudanças consideráveis

1 min de leitura
Imagem de: Overwatch 2: Bastion ganha um chapéu e mudanças consideráveis
Imagem: Activision Blizzard

A Blizzard divulgou nessa semana um vídeo detalhando as mudanças que pretende fazer em Bastion para o retorno do robozão em Overwatch 2. Não são diferenças tão drásticas que possam chegar a mudar a classe do personagem, mas são expressivas o suficiente para quem joga com ele reavaliar suas táticas.

Pra começar, Bastion não terá mais a habilidade de se curar. Em troca, os jogadores ganham uma nova habilidade de mudar o tipo de tiro do personagem para um orb explosivo. Esse orb ricocheteia em paredes e pode também aderir a jogadores pouco antes de explodir, causando dano em área.

O modo "torre" de Bastion também sofreu uma mudança importante: a habilidade de se mover. Em Overwatch 2 será possível andar por aí nessa segunda forma do Bastion, mas ele anda mais devagar.

Por fim, o ultimate do Bastion também mudou. O personagem não vira mais um tanque, mas sim um lançador de morteiros. O jogador tem então um tempo limitado numa visão aérea para escolher três áreas do cenário, onde vão cair as bombas lançadas por Bastion.

Também foram feitas mudanças na aparência do herói. A ideia, segundo os desenvolvedores, é entregar um visual mais limpo, com materiais "modernos". Complementando o figurino, temos também um bonézinho, "para ajudá-lo a se destacar, e dar um toque extra de personalidade", segundo Arnold Tsang, diretor de arte dos personagens em Overwatch 2.


Fontes