Last of Us 2: Naughty Dog diz ser 'uma pena' quem não curtiu o game

2 min de leitura
Imagem de: Last of Us 2: Naughty Dog diz ser 'uma pena' quem não curtiu o game
Imagem: Naughty Dog
Avatar do autor

Apesar do sucesso de vendas que fez desde sua estreia em junho de 2020, The Last of Us 2 (2020) não se livrou das críticas generalizadas de uma parcela dos fãs. E isso não foi algo que passou desapercebido pela Naughty Dog, desenvolvedora do jogo.

Na visão de Neil Druckmann, copresidente da empresa, é realmente "uma pena" que alguns jogadores não tenham se sentindo satisfeitos com o resultado final do produto, mas garantiu que "permanecerá ao lado" do game produzido pelo estúdio.

Alvo de críticas

(Fonte: Naughty Dog/Reprodução)(Fonte: Naughty Dog/Reprodução)Fonte:  Naughty Dog/Reprodução 

Em uma longa entrevista para o portal Game Informer, Druckmann foi questionado diversas vezes sobre como a Naughty Dog lidou com as intensas críticas por parte dos aficionados pela franquia The Last of Us durante os últimos meses.

Na visão dele, o estúdio sempre soube que estava "fazendo algo que seria controverso", mas que esse não era o objetivo primordial do jogo. Para o executivo, The Last of Us 2 queria ultrapassar a barreira da "polêmica" para se tornar algo ainda maior.

"Nossa intenção não é incomodar ou alienar pessoas, nossa intenção é contar uma história que seja significativa para nós, que achamos que tem algum valor por trás dela, e vale a pena gastar anos de nosso tempo criando", ressaltou.

Vazamento de informações

Antes mesmo do game ser lançado em 2020, a Naughty Dog enfrentou um sério problema de vazamento de informações que quase comprometeu o futuro do game. "Nessa época, começamos a nos perguntar 'Será que esse jogo realmente vai fazer sucesso?'. Nós não sabíamos o quanto aquilo havia nos prejudicado", explicou.

Nesse período, Druckmann contou com o apoio da equipe de desenvolvedores da empresa para superar as adversidades e seguir em frente com o planejamento inicial. “Se alguma porcentagem do estúdio não gostasse do jogo, isso simplesmente me deixaria chateado”, disse em tom de alívio.

Sucesso comercial

(Fonte: Naughty Dog/Reprodução)(Fonte: Naughty Dog/Reprodução)Fonte:  Naughty Dog/Reprodução 

A desconfiança e o excesso de críticas sobre o produto não foram suficientes para frear o sucesso de The Last of Us 2 nas prateleiras virtuais e físicas das lojas de videogame. Em 2020, o game se tornou o exclusivo de PlayStation 4 mais vendido do ano nos Estados Unidos.

Além disso, o segundo jogo da franquia aparece em terceiro lugar na lista de jogos mais bem-sucedidos na história da Sony. Por fim, o game fechou o ano em sexto lugar na lista de jogos mais vendidos em todas as plataformas, perdendo apenas para alguns nomes gigantes, como Call of Duty: Black Ops Cold War e Madden NFL 21.

25% off
Imagem: Jogo The Last Of Us II, PlayStation 4
Imagem: Tecmundo Recomenda

Jogo The Last Of Us II, PlayStation 4

Siga a jornada excepcional da Ellie nos Estados Unidos pós-pandêmicos em um ambiente cheio de mistérios, com infectados monstruosamente evoluídos. Um dos jogos mais comentados da atualidade.

R$ 199,90