Elden Ring terá vários finais e stealth parecido com Sekiro

3 min de leitura
Imagem de: Elden Ring terá vários finais e stealth parecido com Sekiro
Imagem: FromSoftware/Reprodução
Avatar do autor

A FromSoftware divulgou, durante a Gamescom 2021, uma demo de 16 minutos de Elden Ring. Entre as novidades relatadas pelos veículos que tiveram acesso ao conteúdo, foi informado que o jogo terá finais diferentes e mecânicas de stealth parecidas com Sekiro.

De acordo com a IGN norte-americana, o título entregará muita liberdade ao jogador. No início da demo, que não estava jogável (hands-off), é mostrado um campo aberto com várias direções para se seguir. Contudo, haverá uma espécie de luz-guia para um caminho recomendado, que poderá ser seguido ou não.

Como mostrado no primeiro trailer, para navegar pelo mapa gigante será possível invocar o cavalo, que pode subir em penhascos, dando verticalidade ao gameplay. Além disso, para deixar o jogador situado, será mostrado um mapa (pela primeira vez na série Soulsborne).

Os cenários também são cheios de itens, masmorras com armadilhas e grupos de inimigos diferentes, alguns deles reunidos em volta de fogueiras, dragões e outras espécies. A sensação é que o universo de The Lands Between (nome do universo do jogo) é bastante vivo, segundo a IGN.

Gameplay

O The Washington Post escreveu que muitos encontros com os inimigos são opcionais, assim como os caminhos que podem ser seguidos ou não. A liberdade afetará, inclusive, os finais, que serão distintos. “Tentamos dar o máximo de liberdade possível à exploração do mundo”, disse ao veículo Yasuhiro Kitao, porta-voz da FromSoftware.

“Embora ainda estejamos em processo de teste e determinação do tempo de jogo final, sentimos que isso vai variar bastante de jogador para jogador, dependendo de que tipo de rota eles seguem pelo mundo e o que encontram”, completou.

Em relação à construção do personagem será possível escolher que tipo de build você prefere construir, escolhendo aumentar a magia, defesa, sorte, ataque etc. Personagens com características de arqueiro e magos também poderão lutar em cima do cavalo, por exemplo.

Os inimigos poderão ser mortos em um modo stealth bastante parecido com o de Sekiro, já que será permitido se esconder em meio às folhagens. Outro detalhe interessante é que o game terá um botão de pulo, que servirá principalmente para explorar as Legacy Dungeons, que são áreas separadas com desafios, parecido com o que há em Dark Souls. Nesse ambiente, não é possível chamar o cavalo.

O combate será baseado em um esquema de tempo e reação, assim como os outros jogos da FromSoftware. A abordagem cautelosa, mas que encoraja o jogador a atacar, estará de volta. Dentre as novidades, estará a mecânica “guard counter”, que os jogadores podem contra-atacar imediatamente após bloquearem um golpe. Também será preciso tomar cuidado, porém, já que o guard counter poderá gerar um contra-ataque do inimigo.

Narrativa

Ainda de acordo com o The Washington Post, o game terá um hub com NPCs que terão diferentes funções. Uma das personagens será uma donzela de “fala mansa” que troca os pontos de experiência por upgrade, parecida com a boneca de Bloodborne.

Sobre a história, Kitao explicou que Elden Ring terá uma narrativa mais direta, já que muitos jogadores reclamavam que os títulos da FromSoftware são complicados de se entender.

“Houve muitas idas e vindas entre [Hidetaka] Miyazaki e George [R.R. Martin] para conseguir aquela sensação boa”, afirmou. “Depois disso, George gentilmente nos entregou e disse ‘pegue e faça o que quiser com ele’. Você pode pensar no tempo ou período atual dos eventos do jogo escritos por Miyazaki. Mas isso é influenciado até certo ponto por aquele mito original criado por George Martin”, ele contou.

O representante da desenvolvedora japonesa também deixou claro que não há relação direta entre o jogo vindouro e os outros da série Souls, já que a mitologia de The Lands Between é completamente original.

Apesar disso, Kitao não negou que a Moonlight Greatsword (arma que aparece em Dark Souls) esteja presente no jogo, já que essa é uma teoria que surgiu na internet há algum tempo. Mesmo assim, ele fez questão de ressaltar que as histórias não se sobrepõem.

Elden Ring será lançado em 21 de janeiro de 2022 para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series X/S e PC.