Loading demite todos os seus funcionários e não terá mais grade

1 min de leitura
Imagem de: Loading demite todos os seus funcionários e não terá mais grade
Imagem: Loading
Avatar do autor

A curta história do canal Loading chegou ao fim hoje (27), quando quase 60 funcionários do canal foram demitidos. De acordo com o site Na Telinha, a direção do canal se reuniu com todos os seus funcionários nesta tarde para comunicar a decisão.

O canal ocupava tanto a frequência da antiga MTV, pegando o canal 32 UHF, como o próprio prédio que servia de sede para o saudoso canal de música. Diferente de sua predecessora, que ficou décadas no ar, a Loading fecha as portas quase um semestre após a sua estreia oficial, que aconteceu em 7 de dezembro de 2020.

De acordo com o site Na Telinha, o executivo Anderson Abraços teria alegado que a Kalunga, principal patrocinadora do canal, desistiu do projeto, o que inviabilizou a continuidade da empreitada. Nós também entramos em contato com a assessoria da Loading procurando um posicionamento oficial, e atualizaremos essa notícia assim que isso acontecer.

ARede social do programa Multiverso, carro-chefe do canal, alterou as fotos do TwitterFonte: Twitter

A ideia da Loading era tentar reunir bastante conteúdo sobre videogames e pautas otaku, com muitos animes recentes e clássicos ocupando a sua grade, mas já na primeira semana de atividade, toda a sua redação de esports pediu demissão, e agora o resto dos funcionários foram demitidos.

Neste segundo, o canal está passando algumas reprises e programas antigos, e a produção de material inédito com os seus apresentadores já foi descontinuada. Ainda não sabemos até que dia exatamente a Loading continuará no ar.

Você gostava de assistir ao canal? Qual era o seu programa favorito? Comente a seguir!

O Voxel entrou em contato com a assessoria do canal Loading e vai atualizar a matéria se houver mais informações.

Fontes