Ikumi Nakamura, ex-GhostWire: Tokyo, funda seu próprio estúdio

1 min de leitura
Imagem de: Ikumi Nakamura, ex-GhostWire: Tokyo, funda seu próprio estúdio
Imagem: https://www.tangogameworks.com/

Através de um documentário produzido pelo canal Archipel em parceria com a companhia japonesa Game*Spark, Ikumi Nakamura, ex-dev de GhostWire: Tokyo, deu mais detalhes sobre sua saída da Tango Gameworks e confirmou a fundação de seu próprio estúdio de games.

Conhecida por ter anunciado oficialmente GhostWire: Tokyo durante a E3 2019, Nakamura deixou a Tango Gameworks no mesmo ano, alegando problemas de saúde. Agora, quase dois anos depois, a ex-diretora criativa revelou que utilizou esse período para adquirir experiências na indústria e viajar pelo mundo trabalhando como freelancer, algo que lhe rendeu a expertise e a confiança necessárias para iniciar seus projetos autorais.

"Quando você tem ideias e trabalha em equipe, pode haver alguns problemas que vêm com ele, e chegou no ponto que pegou minha saúde. Você não pode fazer jogos se não está saudável. Comecei a me perguntar se não havia uma maneira de eu fazer jogos enquanto me sentia melhor. Tomei a decisão de sair antes que fosse tarde demais", disse Nakamura. "Eu estava fugindo de certa forma. No entanto, acredito que fugir pode ser muito positivo. Em vez de apenas empilhar coisas sobre si mesmo, acho que fugir por algo melhor é a escolha mais saudável."

No documentário de pouco mais de 17 minutos, a dev também confirmou que já possui planos para iniciar a produção de sua primeira IP original, porém não deu mais detalhes sobre a natureza do título. O nome de seu estúdio independente também não chegou a ser mencionado.

Ikumi Nakamura possui uma carreira rica na indústria dos jogos, e já assumiu posições de prestígio na Capcom, quando participou de Okami, e na PlatinumGames, trabalhando como artista conceitual de Bayonetta.

Fontes

Ikumi Nakamura, ex-GhostWire: Tokyo, funda seu próprio estúdio