Evo: torneio continuará aberto para todas as plataformas

1 min de leitura
Imagem de: Evo: torneio continuará aberto para todas as plataformas
Imagem: Capcom
Avatar do autor

A Sony Interactive Entertainment anunciou nesta quinta-feira (18) a aquisição conjunta da Evolution Championship Series, ou EVO, o mais popular torneio de jogos de luta do mundo.

A compra foi realizada junto com a RTS, um novo empreendimento do setor de eSports com investimentos da empresa Endeavor. Ambas vão cuidar juntas dos torneios, mas detalhes da negociação não foram divulgados por questões contratuais.

Desde 2019, a Sony já era uma patrocinadora oficial do torneio. Agora, a marca japonesa promete "juntar os recursos e a expertise que vai permitir a elevação a uma escala e alcance globais com o engajamento dos fãs que cercam esse torneio icônico dos games".

O que vai acontecer?

Na prática e em estrutura, a Evo deve permanecer a mesma, inclusive com jogos das mais diversas plataformas e consoles. Além disso, o evento deve manter anúncios de títulos e conteúdos para jogos do gênero.

Os cofundadores da competição, Tom e Tony Cannon, continuarão "envolvidos de perto em um cargo de conselheiros" para garantir que o espírito da criação continue o mesmo.

Em uma mensagem oficial postada no Twitter, a EVO garantiu que a comunidade "será sempre tratada com o respeito, dignidade e decência que merece" e agradeceu o apoio dos fãs ao longo dos últimos 25 anos.

Novos comunicados a respeito do futuro da competição programados para serem divulgados nas próximas semanas.

Próxima edição

Já sob a nova direção, a Evo vai retornar em 2021 em um formato online por causa da pandemia da covid-19. As disputas acontecerão entre os dias 6 e 8 de agosto.

Vale lembrar que a edição de 2020 foi adiada pelos mesmos motivos — e posteriormente cancelada após denúncias de abuso sexual relacionadas a um dos organizadores, já desvinculado do cargo.

Fontes

Evo: torneio continuará aberto para todas as plataformas