Cyberpunk 2077: CDPR diz que adotará 'medidas enérgicas' para se defender

1 min de leitura
Imagem de: Cyberpunk 2077: CDPR diz que adotará 'medidas enérgicas' para se defender
Avatar do autor

Apesar de ter vendido 13 milhões de cópias (mesmo com os reembolsos), Cyberpunk 2077 segue dando muitas dores de cabeça para a CDPR. Anteriormente, a empresa estava na mira de um processo coletivo e agora acusou o recebimento de pelo menos um processo movido no Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Central da Califórnia.

Em uma nota aos investidores, a desenvolvedora polonesa disse que tomará “ações vigorosas” para se defender contra alegações de que eles haviam enganado os investidores sobre às versões para a nova geração (PS5 e Xbox Series X/S). A nota, publicada em 25 de dezembro, diz o seguinte:

(Fonte: CDPR / Reprodução)(Fonte: CDPR/Reprodução)

"O Conselho de Administração da CD PROJEKT SA com sede em Varsóvia (doravante denominada "a Empresa") anuncia que hoje recebeu a confirmação de um escritório de advocacia que coopera com a Empresa de que uma ação civil coletiva foi ajuizada no Tribunal Distrital dos Estados Unidos para o Distrito Central da Califórnia por um escritório de advocacia agindo em nome de um grupo de detentores de valores mobiliários negociados nos EUA sob os símbolos “OTGLY” e “OTGLF” e com base nas ações da Empresa.

Os autores pedem que o tribunal julgue se as ações empreendidas pela Empresa e membros de seu Conselho de Administração em relação à liberação do Cyberpunk 2077 constituíram uma violação das leis federais, por exemplo, por enganar os investidores e, consequentemente, fazer com que incorram em danos.

A reclamação não especifica a quantidade de indenização solicitada.

A Empresa tomará medidas enérgicas para se defender contra tais reclamações".

(Fonte: CD Projekt Red / Reprodução)(Fonte: CDPR/Reprodução)

E você? Optou pelo reembolso ou vai dar mais uma chance ao game? Comente conosco na sessão de comentários abaixo!

Cyberpunk 2077: CDPR diz que adotará 'medidas enérgicas' para se defender