Cyberpunk 2077: desenvolvedora pode ser alvo de processo coletivo

1 min de leitura
Imagem de: Cyberpunk 2077: desenvolvedora pode ser alvo de processo coletivo
Imagem: CD Projekt Red

O polêmico lançamento de Cyberpunk 2077 deu muitas dores de cabeça para a desenvolvedora CD Projekt Red e, ao que tudo indica, seus problemas ainda estão longe de acabar. Afinal, segundo o The New York Times, é possível que um processo coletivo contra o estúdio seja aberto!

De acordo com o tradicional jornal, os investidores e advogados da empresa já estão cientes e trabalhando com a possibilidade de ter que lidar com uma ação coletiva, um tipo de processo no qual todo um grupo de pessoas é representado coletivamente por apenas um único indivíduo.

Um dos advogados procurados pela publicação considera que o jogo foi "potencialmente criminoso em sua apresentação mentirosa feita para receber benefícios financeiros de má fé", uma leitura embasada nos milhares de pedidos de reembolso que estão sendo feitos por jogadores em todo o mundo.

Para quem não acompanhou as notícias ao longo das últimas semanas, os próprios funcionários do estúdio estão revoltados com o lançamento, já que ele foi disponibilizado com inúmeros bugs, especialmente nos consoles de velha geração. Ao empurrar a responsabilidade do reembolso para a Sony e Microsoft, o título foi removido da PSN prontamente.

Com todos esses problemas, as ações da CD Projekt Red não param de cair, e o estúdio continua trabalhando para lançar patches de atualização e tentar minimizar os danos, como o recente hotfix 1.05. Você também está sofrendo com problemas no jogo? Comente a seguir!