Cyberpunk 2077: devs terão período de crunch obrigatório até novembro

1 min de leitura
Imagem de: Cyberpunk 2077: devs terão período de crunch obrigatório até novembro
Imagem: https://meups.com.br/noticias/cyberpunk-2077-nao-deve-ser-adiado/

Segundo um novo relatório de Jason Schreier, do Bloomberg, a CD Projekt Red irá implementar um período de crunch obrigatório para seus desenvolvedores, que deverão passar a trabalhar 6 dias por semana para entregar Cyberpunk 2077 na data prevista. A revelação veio através de um e-mail interno, confirmando que os funcionários irão dedicar os dias úteis e um dia de final de semana durante todo o período crítico.

Em maio de 2019, Adam Badowski, chefe do estúdio, havia anunciado, em entrevista para o Kotaku, que queria ser conhecido como um líder que respeita os limites de seus colaboradores e que a política de "crunch não obrigatório" seria responsável por flexibilizar a carga horária dos funcionários e respeitar seus devidos horários de descanso. Porém, neste momento, está ocorrendo exatamente o contrário, e o CEO resolveu se pronunciar sobre o caso.

"Eu me coloco a receber todas a reações negativas pela decisão. Eu sei que isso vai na direção contrária do que falamos sobre crunch. Também não condiz com o que eu passei a acreditar já faz algum tempo — que isso nunca deveria ser a resposta. Mas estendemos todos os outros jeitos possíveis de navegar na situação."

Entrando definitivamente em "estado de sobrecarga", a CD Projekt Red parece ter alcançado seu limite no ritmo em que se encontrava. Porém, em resposta ao Bloomberg, o estúdio marcou o site em um post de Badowski, afirmando que "todos serão compensados por cada hora extra dedicada".

Cyberpunk 2077 será lançado em 19 de novembro para PS4, PS5, Xbox One, Xbox Series S/X e PC.

Fontes

Cyberpunk 2077: devs terão período de crunch obrigatório até novembro