(Fonte da imagem: Divulgação/Viber Media)
Parece que não foram só os criadores do WhatsApp que viram uma boa oportunidade com a venda da plataforma para o Facebook, mas também alguns rivais. Depois do russo Telegram afirmar ter recebido quase 5 milhões de novos usuários nos últimos dias é a vez de outro concorrente, o Viber, tentar morder uma fatia deste bolo gigante que é o mercado de troca de mensagens via celular.

A companhia garante que, a partir desta terça-feira (25), qualquer usuário do serviço no Brasil pode realizar chamadas para telefones fixos dentro do território nacional sem pagar nada — o serviço normalmente é pago, mas a companhia vai custear as ligações. A iniciativa permite a realização de chamadas de forma ilimitada e pretende engordar a participação de mercado do Viber.

Como a ideia é crescer, os desenvolvedores da plataforma garantem que a durabilidade da promoção depende do público: se o fluxo de mensagens de texto trocadas pelo app aumentar ao menos 25% em uma semana, ela é estendida por tempo indeterminado; caso contrário, a gratuidade das ligações se encerra no final de semana depois do Carnaval.

Reação

Além da tentativa de conquistar novos usuários, o Viber pretende marcar posição depois de o presidente-executivo do WhatsApp, Jan Koum, anunciar durante o MWC 2014 que o aplicativo passará a realizar chamadas telefônicas entre os usuários — recurso já existente no Viber.

Efeito Facebook

Assim como o Telegram, que viu um aumento de quase 5 milhões de utilizadores apenas no último fim de semana, o Viber parece trilhar um caminho semelhante após o anúcio da compra do WhatsApp pelo Facebook. A plataforma, que foi adquirida recentemente pela empresa japonesa Rakuten, teve o número de downloads aumentado em 1.000% e o fluxo de mensagens trocadas cresceu 400%, apenas no Brasil.

Ao que tudo indica, apesar do Facebook ser a rede social mais utilizada no planeta, muita gente ficou preocupada com a venda do WhatsApp para a empresa de Mark Zuckerberg. Se você é um desses, conheça 10 alternativas ao programa.

Faça download do Viber para Windows Phone, Android, iOS ou Windows (desktop).

Cupons de desconto TecMundo: