A Vivo é a terceira operadora brasileira a ser questionada neste ano por conta de falhas de sinal na Baixada Santista, litoral de São Paulo. A empresa foi notificada durante a semana e deve vir a público para esclarecer por qual razão tanto a telefonia fixa quanto a telefonia móvel estão apresentando problemas.

De acordo com a notificação, a operadora terá que explicar quais motivos levaram as falhas a acontecer, quais serviços foram afetados, quantas pessoas foram prejudicadas e quais medidas serão tomadas para evitar que falhas como essas ocorram novamente.

“Essas informações já deveriam ter sido trazidas a público voluntariamente pela empresa, por meio de todos os canais disponíveis e especialmente pelo Serviço de Atendimento ao Consumidor”, destacou o Procon em nota oficial. Na região, as operadoras TIM e Claro também já foram notificadas.

Vivo responde

Em nota, a Vivo informou que todos os serviços de voz e banda larga de clientes fixos e móveis já foram normalizados na Baixada Santista. Segundo a empresa, o problema ocorreu em virtude do rompimento de cabos de fibra óptica em duas rodovias. A companhia ressaltou ainda que todos os clientes afetados serão ressarcidos, de acordo com a regulamentação vigente.

Os consumidores afetados pelo problema que ocorreu durante essa semana podem entrar em contato com o Procon pelos telefones 151 (capital paulista) e 0800-772-3633. Segundo o órgão, a partir de 30 minutos de interrupção do serviço o consumidor tem direito a um abatimento proporcional do valor da assinatura. Dessa forma, um dia sem o serviço equivale a um dia desconto.

Cupons de desconto TecMundo: