Na última quarta-feira (3), a Telefônica Brasil, dona da marca Vivo, anunciou a demissão de 300 funcionários resultante da duplicação de cargos que ocorreu após a integração da GVT. A companhia também afirmou que possui uma lista com 700 cargos que devem ser eliminados dentro dos próximos meses.

A onda de demissões foi acertada com o Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado de São Paulo (Sintetel), que não relatou o número exato de cortes. No entanto, a entidade confirmou que, até o dia 2 de setembro deste ano, vão ocorrer aproximadamente 1 mil dispensas relacionadas à Vivo.

Se levarmos em consideração as demissões que a empresa está promovendo em Curitiba e no Rio de Janeiro, o número de cortes neste ano deve chegar a mais de 2 mil pessoas. Segundo o Valor Econômico, a decisão faz parte de um plano de economia de custos cujo ápice deve acontecer entre 2018 e 2019.

Cupons de desconto TecMundo: