Analisar os fatores que causam pequenos problemas em nosso computador é um procedimento semelhante ao que acontece quando estamos doentes. De acordo com alguns sintomas, é possível realizar exames e identificar o que está errado em nosso organismo, passando então para as etapas que irão nos curar o mais breve possível.

Com o computador tudo ocorre de forma parecida. De acordo com as falhas e problemas que surgem, passamos a tentar entendê-los, fazendo uso de aplicativos especiais ou técnicas que permitam resolvê-los antes que a máquina fique muito danificada.

SEU PC ANDA GRIPADO?

A melhor maneira de cuidar do seu computador em caso de pequenos problemas é realizar os mesmos procedimentos que fazemos para nos curar de um vírus real. Primeiro analisamos os sintomas, e só então fazemos diagnósticos para aplicar o tratamento correto.

Antes de qualquer ação, é importante que você saiba identificar exatamente o que está acontecendo de errado com o computador. O grande problema é que alguns dos sintomas que possam aparecer podem não ter nenhuma relação com vírus, o que só os diagnósticos poderão certificar.

Em geral, os vírus mais perigosos modificam a estrutura do sistema operacional, danificando arquivos necessários para o bom funcionamento da máquina. Desta forma, o seu sistema começa a se tornar mais lento, instável e nos piores casos simplesmente não é possível iniciar o Windows normalmente.  Desligamento repentino é outro aspecto muitas vezes atrelado a infecções na máquina.

Para humanos ou computadores, o tratamento é semelhante.

Problemas de conexão também podem ser causados por vírus, já que muitos deles fazem uso dela para se propagar pela Internet ou enviar suas informações para outros usuários mal intencionados. Barras de ferramentas instaladas sem o seu consentimento e janelas de propagandas estranhas saltando na tela o tempo todo são alguns dos exemplos mais corriqueiros.

Emails seus enviados para amigos sem que você saiba e mensagens genéricas no Messenger, induzindo outros usuários a clicarem em links falsos também são sintomas evidentes de que o seu computador pode estar infectado.

A melhor maneira de diagnosticar e eliminar as ameaças do seu computador é a partir de um bom programa antivírus. Esses aplicativos têm bancos de dados muito completos para encontrar mais facilmente as pragas conhecidas na Internet, e em geral fazem isso de forma satisfatória.

Se você faz uso de um antivírus gratuito e ainda assim acha que está infectado, uma boa dica é desinstalar o aplicativo e colocar em seu lugar um antivírus pago que contenha um período de testes com todas as suas funções habilitadas, em geral durante um mês.

Alguns problemas podem ser irreversíveis.Desta forma, você usa os melhores softwares antivírus durante algum tempo, fazendo então a atualização, análise e remoção de grande parte das ameaças encontradas, o que muitas vezes não acontece com os aplicativos gratuitos.

Uma das melhores opções nesse sentido é o Kaspersky. Baixando o aplicativo em nosso site, você pode instalá-lo normalmente, fazendo uso de todas as suas funções por um mês inteiro. Lembre-se de atualizar totalmente o programa antes de realizar a primeira busca por vírus, que deve ser o mais completa possível.

Depois disso, basta remover os problemas encontrados com segurança, conferindo as possíveis melhorias no seu sistema. Outras indicações são o NOD32, o Avast! Professional Edition ou ainda o AVG Internet Security 8.5, todos muito bem avaliados por nossos usuários.

Embora você possa encontrar todos os vírus que estavam causando falhas no computador, em muitos casos pode ser tarde demais para consertá-lo. Nessas situações, é necessário tomar algumas medidas diferentes para que ele volte ao seu estado normal.

Uma boa indicação de aplicativo para reparar o seu registro do sistema e corrigir as falhas causadas pelos vírus é o ComboFix. Inicialmente ele pode parecer difícil de usar, mas basta seguir os passos indicados em sua descrição para resolver os problemas do computador.

Se mesmo o uso de programas como esse não derem conta do recado, é interessante tentar restaurar o PC para uma data anterior ao aparecimento dos problemas. Se a medida não funcionar, a última saída pode ser formatar o computador.

Conclusão

Como em uma gripe ou virose humana, lidar com os problemas causados por vírus no computador é basicamente encontrar as falhas, diagnosticar suas causas e tratar corretamente a máquina, o que deve ser feito o mais breve possível para minimizar os danos.

Vale lembrar que melhor do que passar por isso é cuidar bem do PC, como fazemos ao nos agasalharmos ou evitarmos comportamentos de risco, que no mundo virtual são referentes aos sites que você frequenta, programas que instala e demais atitudes em frente à tela.

Cupons de desconto TecMundo: