As organizações sem fins lucrativos têm se superado no que diz respeito a chamar atenção das pessoas para causas importantes. Há algum tempo, o mundo foi surpreendido por uma campanha que visava alertar sobre o abuso infantil, e agora é vez de um novo assunto ganhar destaque: exploração de trabalho. 

Para alertar a população sobre esse tema, a organização Fashion Revolution criou uma campanha na qual foram instaladas máquinas automáticas de venda em algumas ruas de Berlim, na Alemanha. E o que era oferecido por elas com certeza chamaria atenção: camisetas por apenas 2 euros. 

Ao escolher o tamanho, o comprador podia ver uma imagem mostrando o que estava por trás das roupas baratas. Após verem que em muitos casos esse preço baixo só é possível porque há menores de idade que trabalham em jornadas abusivas para receber apenas 13 centavos por hora, muitos acabaram se conscientizando e, em vez de adquirir a camiseta, enviaram o dinheiro para doação. 

A campanha em questão foi iniciada em 24 de abril, que também é conhecido como Dia da Revolução Fashion. A data em questão foi escolhida para lembrar o desabamento do prédio Rana Plaza em Bangladesh no ano de 2013, onde mais de 1 mil trabalhadores morreram enquanto faziam roupas para marcas americanas em condições pouco favoráveis.

Cupons de desconto TecMundo: