O Vimeo passou nove anos sem contar com uma ferramenta automatizada de copyright que seja semelhante à encontrada no YouTube, por exemplo. No entanto, o serviço de vídeos anunciou o “Copyright Match”, um sistema que foi concebido para “respeitar os limites de direitos do autor e dos direitos de outros criadores”.

Em um post no blog oficial, a empresa observa que o seu site existe para reproduzir trabalhos originais e nunca foi um local para conteúdo pirata, como programas de televisão, filmes e transmissões esportivas profissionais.

O Copyright Match é destinado a aplicar esse tipo de orientação ao usuário, já que o Vimeo continua crescendo e oferecendo novos recursos, como o Vimeo On Demand — que permite que os espectadores paguem para os criadores do vídeo diretamente para assisti-lo. Dessa maneira, fica mais fácil perceber que a empresa está tomando novas medidas para manter conteúdo indevido fora do seu site.

Funcionamento

Esse algoritmo captura automaticamente uma “impressão digital” do áudio a partir de uma parte do vídeo e procura por alguma correspondência em um banco de dados que incida sobre possíveis direitos autorais. Caso seja encontrado alguma, a pessoa que fez o upload do vídeo é alertada por email a respeito do problema.

Assim, o Vimeo vai tentar varrer todos os conflitos de interesses, como clipes de filmes ou músicas que não estão disponíveis para o uso livre. Além disso, a empresa promete novas mudanças, como uma que impede que os usuários façam o upload de conteúdos protegidos.

Cupons de desconto TecMundo: