Mesmo que, geralmente, não recebam qualquer tipo de retorno financeiro – ou mesmo elogios – por seu trabalho, a comunidade responsável pelo desenvolvimento de emuladores parece mais dedicada e apaixonada pelo setor de games do que muitas produtoras AAA. Um dos grupos mais dedicados nesse cenário é a galera do Dolphin, que, nesta semana, ganhou um suporte mais robusto ao DirectX 12 – recebendo um aumento considerável de performance no processo.

O recurso começou como um projeto paralelo – e não-oficial – do emulador de GameCube e Wii em dezembro do ano passado, prometendo nada menos que 50% de desempenho extra quando comparado ao tradicional DirectX 11. Ao que parece, a proposta foi tão convincente – e bem elaborada – que acabou sendo finalmente incorporada às builds principais do programa. Com o material já em uma forma mais polida, o idealizador da brincadeira resolveu postar alguns testes com a tecnologia ativada.

Conforme é possível conferir nas imagens acima, os resultados obtidos pelo usuário Hdcmeta deixam para trás as renderizações com as instruções antigas em praticamente todas as aplicações – além de, em alguns casos, superarem até mesmo os games rodando em OpenGL. As versões emuladas de Super Mario Galaxy e Zelda Twilight Princess, por exemplo, tiveram ganhos robustos de 60% em relação ao DX11, enquanto a melhoria foi mais humilde em Crazy Taxi.

Apesar da clara vantagem do novo recurso, rendendo performance extra tanto em VGAs da NVIDIA quanto da AMD, a ferramenta ainda precisa ser refinada e polida antes de ser integrada a versão 5.0 final do Dolphin – que está em seus estágios finais de desenvolvimento. De qualquer maneira, não deixa de ser interessante ver a comunidade de jogos se arriscar com o DirectX 12 em um ritmo bem mais acelerado – e com respostas bem mais expressivas – do que a própria indústria gamer tradicional.

Qual é a sua expectativa para a performance do DirectX 12 nos video games? Comente no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: