Visitar a área destinada aos jogos independentes da Brasil Game Show 2015 é uma grata surpresa. Há jogos para todos os gostos, inclusive para os fãs dos antigos jogos de navinha (ou shmup, se assim prefereir), que podem se divertir com Da Wolves. 

Desenvolvido pela Reload Game Studio e agendado para chegar em 2016 para PlayStation 4 e Xbox One, Da Wolves lembra, em alguns aspectos, títulos clássicos como Sonic Wings. Até quatro pessoas podem unir forças para detonar os oponentes enquanto avança verticalmente controlando um dos quatro personagens disponíveis. 

Além das óbvias diferenças físicas, a nave controlada por cada um deles também apresenta diferenças no que diz respeito à velocidade (entretanto, nos nossos testes percebemos que isso não é nada muito gritante) e ao especial utilizado pelo piloto, o que ajuda a criar uma identidade para cada um dos personagens. 

Maquinário de combate 

Um dos diferenciais de Da Wolves é que não há power ups voando pelos cenários quando os inimigos são abatidos. Na verdade, o que fica perdido no espaço são as armas usadas por cada um deles, e você pode coletar várias partes para ajudar a melhorar o personagem. Aliás, não se espante: em alguns momentos, a nave pode se tornar uma coisa realmente absurda (confira a imagem abaixo), com direito a canhão que dispara laser e outros apetrechos ajudando nessa empreitada.

Essa pode até parecer uma ideia absurda (inicialmente, imaginei que seria exagero ter tantas armas assim), mas após algum tempo você percebe que manter todas elas não é algo tão fácil. Os inimigos que estão no caminho não morrem com dois ou três tiros, e alguns deles chegam a escolher um dos personagens e passam a persegui-lo incessantemente. 

A perseguição, aliás, será a responsável por muitas das mortes que você verá por aqui. Para despistar todos os disparos, é possível lançar sinalizadores de tempos em tempos, que ajudam a afastar os tiros inimigos, inclusive alguns disparados por chefes. E, como muitos já imaginam, os chefes encontrados aqui realmente podem causar dores de cabeça, pois dificilmente você vai conseguir derrotar um deles em menos de três minutos de batalha. 

No fim das contas, a sensação que tive ao final do teste foi a de que, apesar de ainda estar em desenvolvimento, Da Wolves tem grandes chances de atrair a atenção dos que curtem um bom jogo de nave e sentem falta do período em que tínhamos vários títulos do gênero à disposição para jogar quando quiséssemos.

Qual é o seu jogo de navinha favorito, seja ele antigo ou recente? Comente no Fórum do Baixaki Jogos

Via BaixakiJogos.

Cupons de desconto TecMundo: