Podendo ser definido como “um jogo para criar jogos”, o título Project Spark da Microsoft é um sandbox que permite criar e compartilhar games e pequenas animações para as plataformas do Xbox e Windows.

Até o momento, Project Spark seguia um modelo free-to-play que contava com muitas microtransações para liberar novos conteúdos. Apesar de existir a possibilidade de liberar estes itens através de conquistas e tarefas, este processo era muito lento e repetitivo.

Pensando nisso, a Microsoft anunciou que o game se tornará totalmente gratuito a partir de 5 de outubro, ou seja, sem microtransações e com todo o conteúdo liberado. A decisão pretende impulsionar a ferramenta de criação lançada em 2014.

Além disso, a empresa anunciou também que vai interromper a produção de DLCs para incentivar os jogadores na criação de conteúdo. Isso significa que o desenvolvimento da aventura de Conker’s Big Reunion será cancelado. A lista completa de alterações pode ser conferida abaixo:

  • O limite máximo para terrenos em criações foi dobrado;
  • O limite máximo de prop em criações aumentou em 500;
  • Mais de 200 recursos serão adicionados no jogo, incluindo dragões, lorde dos goblins, bioma de pântano e um set de blocos primitivos;
  • Cada criador agora terá um total de 100 slots para upload de suas criações;
  • O ranking UGC será baseado em downloads e favoritos, ao invés de votos positivos/negativos;
  • A loja Project Spark Marketplace foi removida;
  • O Project Spark Tour e Treasure Trove fpra, removidos;
  • Conquistas foram refeitas para jogadores e criadores;

De acordo com desenvolvedora, quem adquiriu as DLCs ou a versão física do jogo depois de 28 de julho de 2015 poderá receber reembolsos na forma de créditos na loja da Microsoft. Isso também se aplica a tokens in-game. Os créditos serão adicionados à conta dos jogadores de 30 a 60 dias depois da atualização em outubro.

Via Baixaki Jogos.

Cupons de desconto TecMundo: