The Vanishing of Ethan Carter é um jogo de aventura 3D com elementos de puzzle. Apesar de ele ter sido lançado em 2014, recentemente os desenvolvedores divulgaram uma versão revista esteticamente com a nova atualização da Unreal Engine – a adição é gratuita para quem já possuía o título na biblioteca. O canal Candyland fez uma comparação gráfica com as duas edições e mostrou a diferença entre elas.

Você pode conferir no vídeo abaixo todos os detalhes, efeitos e outros aspectos que foram aprimorados em The Vanishing of Ethan Carter. Recomendamos que você assista na qualidade 1080p e em tela cheia para observar atentamente todas as mudanças.

Como podemos perceber acima, todas as cenas possuem ao menos uma grande diferença. Os destaques ficam com os novos efeitos de difusão e raios de luz, reflexão de superfícies, atmosfera dinâmica e sistema de partículas. É evidente que as sombras se tornaram muito mais suaves e espalhadas e que os cenários se assemelham mais com o mundo real devido à nova tecnologia da empresa.

O bacana de comparar este game é que fica claro o quanto a simples troca da plataforma de desenvolvimento pode alterar substancialmente uma experiência. Apesar de os modelos 3D e texturas serem os mesmos, o jogo parece aprimorado por conta dos novos efeitos da Unreal Engine 4.

Unreal Engine 4: uma tendência para o futuro?

A Unreal Engine 4 tem ganhado cada vez mais força no mercado de games. Por se tratar de uma plataforma recente, muitos desenvolvedores ainda não migraram para ela e ainda preferem utilizar as versões mais antigas. É o caso da NetherRealm, por exemplo, que abandonou a novidade e voltou para o terceiro software da companhia em Mortal Kombat X.

Contudo, podemos esperar mais aderência no futuro, principalmente por conta de jogos de peso que podem popularizar a Unreal Engine 4, como Kingdom Hearts 3, Gears of War 4, Dragon Quest XI, Street Fighter V, Tekken 7, Shenmue 3, Crackdown 3, Dead Island 2 e Fable Legends.

Por enquanto, apenas alguns títulos menores utilizam a engine, como ARK: Survival Evolved, Hatred e Daylight. O grande problema é que, por se tratar de uma ferramenta relativamente nova, ela ainda não é totalmente otimizada para os consoles e PC da mesma maneira que sua predecessora e acaba exigindo recursos demais.

O que você achou da mudança da Unreal 4? O jogo ficou muito mais bonito ou pouca coisa mudou? Comente no Fórum do Baixaki Jogos

Desenvolvedores mais experientes sabem lidar melhor com essa dificuldade, pois conhecem táticas de programação avançadas para gerenciar de forma mais eficiente a memória e processamento dos equipamentos. Por ora, ainda não vimos nenhum projeto que usufrua de todo o arsenal que a Unreal 4 oferece, mas em breve poderemos desfrutar de títulos graficamente soberbos por conta do avanço tecnológico.

Cupons de desconto TecMundo: