Assim como muitos outros jogos – especialmente os mais antigos –, Super Mario Bros. 3 era rodeado de rumores e mitos não respondidos por seus criadores. Há anos, uma teoria dizia que o enredo do título era, na verdade, uma peça de teatro e tudo não passava de uma grande encenação. Agora, Shigeru Miyamoto, o principal diretor de criação da Nintendo, confirmou que isso é, de fato, uma verdade.

Alguns aspectos já reforçavam essa possibilidade. Na abertura de Super Mario Bros. 3, uma cortina vermelha era apresentada logo no início do jogo. Durante as fases, alguns objetos também tinham uma "sombra", dando a impressão de que eles exibiam o seu contorno para um plano de fundo maior. Já algumas plataformas eram suspensas em cordas e o fim dos cenários indicava que tudo não passava de uma grande peça.

Shigeru Miyamoto deu essa – e muitas outras respostas – no vídeo abaixo publicado no Twitter pela divisão britânica da Nintendo. Na reprodução, ele também é questionado sobre a presença de fases criadas por ele em Super Mario Maker. Como resposta, foi dito que “não estou no jogo, mas eu certamente irei publicar alguma coisa”.

Via Baixaki Jogos.

Cupons de desconto TecMundo: