Recorrer a sistemas de gerenciamento de direitos digitais (ou DRM, na sigla em inglês) não é algo recente no mundo dos games. Há algum tempo, era comum ver as produtoras utilizando serviços como SecuROM e SafeDisc para fazer esse papel, e isso pode gerar problemas para aqueles que utilizam o Windows 10. 

De acordo com a tradução feita pela equipe do site Rocket, Paper, Shotgun de uma entrevista dada por Boris Schneider-Johne, gerente de marketing da Microsoft, durante a gamescom 2015, jogos que utilizam tais sistemas não vão rodar no novo sistema operacional por conta da ausência do suporte ao SECDRV.SYS, que é necessário para a reprodução de discos com esse tipo de DRM. 

“Tudo o que funciona no Windows 7 deve funcionar no Windows 10. Há apenas duas exceções que não são tão importantes: antivírus e coisas que estão realmente associadas ao sistema. Também há jogos antigos em CD-ROM que possuem DRM. Essas questões de DRM estão todas associadas ao sistema, e é por isso que o Windows 10 diz ‘desculpa, não podemos permitir isso [que o jogo rode]' porque poderia ser um possível buraco para vírus”, explicou o executivo. 

“É por isso que há alguns jogos lançados entre 2003 e 2008 com SecuROM e etc. que simplesmente não funcionam sem um patch que não exija o uso do CD ou algo do gênero. Não podemos oferecer suporte a isso se for um possível risco para os usuários. Já há algumas correções feitas pelos próprios desenvolvedores, e em serviços como o GOG é possível encontrar versões desses games que funcionam”, concluiu Schneider-Johne.

Você ainda tem algum jogo para computador que roda diretamente do CD? Comente no Fórum do Baixaki Jogos

Via Baixaki Jogos.

Cupons de desconto TecMundo: