Você já havia imaginado que alguém poderia usar drogas ilícitas durante partidas de jogos online? E que elas poderiam ter a finalidade de oferecer melhorias de desempenho nas partidas dos games eletrônicos? Pois a verdade é que isso está acontecendo em alguns lugares e com jogadores que são considerados profissionais.

Até pouco tempo atrás, acreditava-se que este tipo de prática ilícita fosse uma exclusividade dos atletas que praticam esportes "reais". Com a novidade, fica claro que todas as competições e a exigência consequente delas podem ser responsáveis pelo uso das substâncias — sendo que a principal delas seria Adderall,  um psicoestimulante utilizado no tratamento de pessoas com déficit de atenção.

Em uma entrevista realizada recentemente — e que você pode conferir no topo da notícia —, o atleta Kory "Semphis" Friesen diz que a Liga de Esportes Eletrônicos (ESL) possui comunidades muito 'divertidas' e que as pessoas estão sempre sob efeitos dos remédios. O entrevistador pergunta se Semphis acredita que todos no mercado utilizam o Adderall e recebe um "Sim" como resposta.

Muito disseminado?

Outras fontes ligadas ao Wired afirmam que o remédio tem sido bastante disseminado entre os gamers dos Estados Unidos, mas não é possível dizer quantos jogam sob efeito. As ligas de eSports ainda não possuem mecanismos de anti-doping e não se sabe quando algo assim será estabelecido.

Michael Blichars (diretor da ESL) afirmou ao Wired que não acredita que o uso de drogas seja um "lugar comum" entre os atletas, sendo que ele também não acha que isso esteja tão disseminado quanto vem sendo afirmado. O que se sabe é que a prática é perigosa e precisa ser combatida para que a reputação dos atletas e dos esportes eletrônicos permaneça inalterada.

O que você pensa sobre atletas de eSports que usam Doping? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: