Na década de 80, Sony e Nintendo haviam firmado uma parceria para produzir um novo console que teria a capacidade de aceitar o CD-ROM e os famigerados cartuchos para a execução de jogos. Essa era uma iniciativa da Big N para abandonar de vez o uso das fitas, que, na época, eram utilizadas no NES.

O contrato foi firmado, mas, por causa de algumas cláusulas que desagradaram a Nintendo, o projeto não foi para frente. Entretanto, antes de deixar de existir, a parceria produziu um protótipo que vai fazer muitos fãs de video games derramarem lágrimas de emoção. O console que ilustra esta matéria, batizado de PlayStation, era exatamente o que todos queriam naquela época.

De onde veio isso?

De acordo com um relatos no fórum AssemblerGames, esse protótipo raro pertenceu ao pai de um dos usuários do site que trabalhava em uma empresa parceira da Nintendo. O console foi encontrado em uma caixa cheia de outros artefatos que foram reunidos depois da falência dessa companhia.

Um cartucho desse raríssimo video game. Uma data? 06/10/1992?

O achado realmente representa uma relíquia para quem viveu na época do SNES e PlayStation. Afinal, como não reconhecer o formato do controle do Super Nintendo? O mais bacana ainda é poder ver a logo da Sony/PlayStation gravada no centro acessório.

Visão geral desse console que nunca veio a ser lançado.

Relembrando o passado

O PlayStation, o primeiro console da Sony para o mercado consumidor, foi lançado no Japão em dezembro de 1994. Esse video game foi o responsável por estabelecer a marca e trazer títulos memoráveis que até hoje estão guardados na cachola dos jogadores. Parasite Eve, Medal of Honor, Dino Crisis, Winning Eleven, Syphon Filter e Gex são apenas alguns nomes dessa época gloriosa.

Saídas na parte de trás do console.

Já o Super Nintendo, chamado de Super Famicom no Japão, é o segundo console da Big N e foi lançado pouco depois do fim da parceria com a Sony. Como sabemos, o video game realmente não trouxe suporte ao CD-ROM, mas eternizou títulos como Super Mario World, The Legend of Zelda: A Link to the Past e jogos das séries Final Fantasy e Donkey Kong Country.

E a parte da frente, com a entrada para os controlas e CD-ROM.

[Atualizado] Era falso!

A notícia durou pouco e logo veio o baque para aqueles que acreditavam estar diante de uma edição raríssima do console fruto da parceria entre a Nintendo e a Sony na década de 80. Após investigação, o site PXLBBQ concluiu que esse video game é falso e foi uma obra do talentoso grupo de customização de consoles, Vadu Amka, para ganhar dinheiro em cima dos colecionadores.

Através do Twitter, o próprio grupo admitiu a farsa e parabenizou o site por ter descoberto tudo. É realmente uma pena que esse protótipo seja falso...

"Nintendo Super Famicom Controller".

[Atualizado – 2] A dúvida da internet

Um vídeo – localizado no começo da matéria – publicado algumas horas depois da primeira atualização da matéria coloca ainda mais lenha na fogueira sobre essa discussão. Será que esse console, supostamente fruto de uma parceria entre a Nintendo e a Sony, é realmente falso?

Via Baixaki Jogos.

Cupons de desconto TecMundo: