As vendas de jogos digitais (ou seja, aquelas que não correspondem aos games comprados em lojas físicas) têm crescido bastante nos últimos anos, e a Sony, Microsoft, Nintendo e o PC – incluindo todos os serviços, tais como Steam e Nuuvem – têm investido no ramo.

Contudo, isso pode estar para mudar, de acordo com uma pesquisa da Juniper Research. De acordo com os dados coletados pela empresa, é provável que o número de vendas caia até pela metade nos próximos quatro anos. Segundo a companhia, serviços como os do Steam vão impulsionar a transição do físico para o digital até a próxima década, mas o modelo de negócio mudará.

A velha especulação

A Juniper Research acredita que um dos motivos para a venda de jogos em consoles cair é a migração dos gamers para os aparelhos mobile, como tablets e smartphones. Muitos analistas já previam isso há anos, e a empresa acredita na mesma ideologia.

Entretanto, há outro ponto levantado pela Juniper Research: os jogadores vão cada vez mais deixar de “querer” os jogos para si, optando por serviços de aluguéis mensais ou streaming. Ainda é cedo para saber se esse modelo de negócio vai funcionar, mas é fato que as companhias de games já vêm investindo no ramo.

Com a popularidade do Netflix, Spotify e outros serviços, não é tão absurdo achar que com jogos também possa funcionar. Porém, algumas empresas, como a falida OnLive, já tentaram e não conseguiram. Poderia o investimento estar à frente do seu tempo? Teremos que esperar alguns anos para saber.

Cupons de desconto TecMundo: