A detecção de trapaças em games – os conhecidos cheats – é um dos grandes desafios dos jogos atuais, especialmente aqueles realizados em partidas online. Atualmente, as soluções existentes geralmente tentam identificar as artimanhas através de softwares dedicados, o que não oferece a precisão ideal. Mas será que alguém já tentou atacar esse problema pelo lado do hardware? É isso que o projeto no Kickstarter do Game:ref pretende fazer.

Considerado o primeiro dispositivo contra cheats do mundo, esse equipamento promete 100% de precisão na detecção de trapaças que dependam do input dos usuários. O seu funcionamento é simples de entender: conectado ao mouse e teclado, o aparelho compara as respostas que o jogador envia ao servidor com o feedback dado pela própria máquina. Caso o Game:ref aponte que as respostas não são idênticas, é provável que o jogador esteja usando algum tipo de trapaça no game.

Game:ref conectado a um mouse para a detecção de cheats.

Problemas para resolver

Em jogos do gênero FPS, por exemplo, um cheat comumente usado por quem trapaça é o trigger-bots. Usando esse tipo de artimanha, ao passar o cursor sobre um inimigo, o disparo é realizado automaticamente, dispensando que o jogador pressione o botão do mouse.

Nesses casos, o Game:ref vai detectar que o servidor interpretou um disparo, mas que o jogador não realizou. Portanto, ele está trapaceando. Além de games como Counter-Strike: Globa Offensive, títulos populares como DotA2 e League of Legends também poderão tirar proveito dessa solução.

Funcionamento do Game:ref.

Aplicação em torneios

David Titarenco, criador do projeto, sabe da principal desvantagem de seu produto: a necessidade de o cheater usar o Game:ref para que a trapaça possa ser detectada. Entretanto, esse problema tente a perder importância se considerarmos a realização de torneios. Nessas situações, impor a utilização desse hardware é um pouco mais “fácil”, o que pode acabar com o uso de cheats em campeonatos oficiais.

Mas Titarenco tem planos maiores para o Game:ref. Ele pretende fazer com que o produto se torne um padrão e seja utilizado para eliminar completamente o uso de trapaças em partidas online de qualquer proporção – sejam elas competitivas ou apenas por diversão. Será que esse o primeiro hardware para detecção de cheats vai vingar?

Cupons de desconto TecMundo: