O início da corrida presidencial nos Estados Unidos está relativamente calmo, mas já revela informações bastante peculiares sobre alguns dos candidatos. Enquanto a Casa Branca do universo da ficção conta com Frank Underwood, da série House of Cards, que adora tirar umas partidas de Call of Duty: Advanced Warfare nas horas vagas, o mundo real também tem uma gamer em potencial disputando a liderança das terras norte-americanas: Hillary Clinton.

A revelação chega através de uma postagem feita na última segunda-feira (20) pelo perfil oficial da William J. Clinton Library no Instagram. Uma foto tirada em 1993 mostra a antiga primeira-dama dos EUA concentrada na jogatina em seu Game Boy para passar o tempo durante um voo rotineiro de Austin (Texas) para Washington.

Em uma para a Time nessa época, Hillary confessou que estava bastante viciada no aparelho e acabou comprando um adicional para não precisar dividir com sua filha, Chelsea. A conversa com a publicação indica também que a ligação com o portátil da Nintendo se deu em um momento bastante difícil para a presidenciável. A especulação é que ela recorreu aos jogos no período em que ficou no hospital ao lado do pai – que faleceu poucos dias após a foto acima ser feita.

Hillary parece ser uma grande fã de Tetris, e como a política tem fama de ser fã de desafios, tudo indica que esse era o game que distraía a candidata à presidência durante sua viagem. Claro que a internet prefere acreditar que a moça estava se deliciando com o lançamento de Kid Dracula, da Konami, ou finalizando Duck Tales pela décima vez – provando que a criatividade não tem limites.

O atual presidente norte-americano Barack Obama, também tem um pezinho no mundo dos games e já revelou que possui um Wii, tirando umas partidas de Wii Sports e Just Dance quando sobra tempo em sua apertada agenda. Será que só a Nintendo tem a habilidade de conquistar alguns dos políticos mais poderosos do mundo?

Cupons de desconto TecMundo: