Notch se sente um “vendido”, mas não se arrepende da venda do Minecraft

1 min de leitura
Imagem de: Notch se sente um “vendido”, mas não se arrepende da venda do Minecraft
Fonte: SuperGameplay
Avatar do autor

Não foram poucos aqueles a ficarem insatisfeitos com a compra da Mojang (e, por sua vez, do Minecraft) pela Microsoft. Mais ainda foram aqueles que ficaram indignados com a decisão do próprio Notch em fazer tal venda – afinal, ele estava “traindo o movimento” dos indies, e ainda mandou uma carta contando sobre os motivos para sua decisão.

Se ele se sente culpado por isso? Um pouco, de fato. Ao menos foi isso o que ele falou em uma conversa pelo Twitter, quando questionado sobre o fato de ele se sentir um “vendido”. “Eu meio que sinto que sou”, começou ele, “mas eu ainda sinto que eu fiz a escolha certa. Eu acho que algumas coisas sempre têm um preço”.

Em compensação, Notch afirma que finalmente conseguiu aceitar o fato de que, para ele, seria impossível criar outro sucesso no nível de Minecraft. Além disso, ele também pode voltar a fazer o que mais gostava de fazer: voltar aos pequenos projetos – que, segundo ele, nem mesmo são mostrados para outras pessoas.

“E a diversão está de volta!”, contou ele em mais uma série de tweets. “Programar é incômodo e frustrante, mas TÃO DIVERTIDO. E então quando a maioria dos protótipos está horrivelmente impossível de jogar, ninguém me julga”. Bem, considerando os bilhões que ele tem em sua conta e a mansão absurda que ele comprou ao vender a empresa, tenho certeza de que ele vai encontrar um jeito de superar isso.

Via BJ

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Notch se sente um “vendido”, mas não se arrepende da venda do Minecraft