Desde que foi anunciada durante a apresentação do Windows 10, a opção de fazer streamings de jogos do Xbox One para o PC tem atraído a atenção dos jogadores. Alguns destes podem até ter pensado que essa seria uma característica que permitiria acessar o seu game favorito de qualquer lugar (como acontece nas plataformas da Sony com o Remote Play), mas esse não é o caso. 

“Ela [a opção de streaming do Xbox One para o PC] não é como um Gaikai ou OnLive. Não é o caso de [imaginar uma situação como] ‘leve meu laptop para um Starbucks e jogue’, a menos que você viva exatamente sobre um ou algo do gênero", explicou Phil Spencer, chefe da divisão Xbox na Microsoft, em um bate-papo com jornalistas. 

Na mesma ocasião, foi dito que a proposta é que o console não precisa estar ligado quando você começar o processo de conectar o PC ao video game e então curtir o seu título favorito – medidas que, para ele, mostram que a Microsoft está fazendo avanços, e entre estes está a ideia de permitir ao Xbox One rodar um jogo e várias aplicações do Windows ao mesmo tempo, garantindo que o usuário consiga recorrer a ambas as opções.

Spencer comentou ainda que, com isso, a ideia é “gerar um cenário onde meus filhos estão assistindo TV e vou para outro lugar para jogar Forza, e possa fazê-lo sem que eles sequer percebam que isso aconteceu”. 

Novas opções 

Outro ponto mencionado por ele foi o HoloLens, computador holográfico que também foi exibido durante a apresentação do Windows 10. No momento, ele funciona como um produto separado que, caso faça sucesso, pode receber a opção de ser usado em conjunto com o Xbox One ou PC. 

“Acho que vai ser importante ele ter sucesso como um produto individual. Acho que as experiências que vocês viram hoje eram todas isoladas. Elas estão rodando no próprio aparelho, o que é realmente uma conquista. Não há uma corrente ou algo do tipo, porque o que vocês vão ver são experiências fieis que acredito que vão ser tão impressionantes quanto as que vocês viram aqui”, comentou o chefão da divisão Xbox. 

O executivo também disse que é difícil imaginar um dispositivo no planeta no qual jogar não seja um tipo de aplicação primária, e que, para ele, o HoloLens irá funcionar da mesma forma.

Cupons de desconto TecMundo: