Hotline Miami 2: Wrong Number, game ainda mais brutal que seu antecessor, tem se envolvido em algumas polêmicas “bem cabeludas” nos últimos dias. Com gráficos e jogabilidade praticamente idênticos ao do primeiro titulo, Wrong Number elevou o nível de dificuldade e manteve a mesma quantia de violência, brutalidade e diálogos bizarros.

Todo esse “tempero” e parte de conteúdo do vídeo abaixo fizeram com que a entidade responsável pela avaliação etária de jogos na Austrália banissem Hotline Miami 2 daquele país. A proibição envolve casos de violência física e sexual mostrados indiscriminadamente pelo game desenvolvido pela Dennaton Software.

Resposta da publicadora

Respondendo à decisão, a Developer Digital, publicadora do título, disse que a entidade não foi justa na hora de banir o jogo do país. Segundo a empresa, o trailer exibido é exatamente o mesmo que foi mostrado na E3 2013 e ainda ressalta que o game conta com uma opção de “desligar” as cenas de violência e sexualidade.

Apesar disso, a publicadora disse que não pretende contestar a decisão do órgão regulador australiano e que vai permanecer ao lado dos produtores, suas visões criativas para a história, seus personagens e jogo.

Hotline Miami 2: Wrong Number, um game bastante polêmico.

“Pode piratear, eu deixo”

Mas a notícia mais surpreendente sobre essa polêmica toda veio à tona recentemente e envolve o diretor por trás de Hotline Miami 2, Jonatan Söderström. Indignado com a proibição do game na Austrália, um fã (Max Cartwright) enviou um email para o figurão com uma proposta bem “indecente”: o jogador perguntou se poderia piratear o jogo após o lançamento e depois fazer o pagamento a empresa através do PayPal.

Porém, mais surpreendente ainda foi a resposta de Söderström: “Se o game não for liberado na Austrália, pode pirateá-lo depois do lançamento. Não precisa enviar dinheiro algum, só aproveite o game”. A imagem abaixo é uma cópia do email compartilhada no Reddit e que posteriormente foi cofirmado como verdadeiro pela publicadora do jogo ao site Arstechnica.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: