Na última terça-feira (13), a notícia de que os jogadores de PC teriam que esperar ainda mais – muito mais – para curtir a sua versão “mouse e teclado” de Grand Theft Auto V pegou muita gente de surpresa. Os requisitos mínimos para a jogatina e os 65 GB de espaço necessário em disco, então, deixaram a maioria dos gamers de cabelo em pé. Porém, uma informação escrita a letras miúdas nas especificações do título pode causar uma nova onda de desespero, já que indicam que a Rockstar pode ter escolhido um esquema de DRM “pouco amigável” para o jogo.

O texto em questão pode ser encontrado no último parágrafo da seção de Requisitos de Sistema de GTA V para PC, no próprio site da desenvolvedora. “Outros requisitos: jogabilidade online e instalação precisam de uma conta na rede Social Club (+13) da Rockstar; é necessário ter conexão com a internet para jogar online e para verificação de autenticidade periódica”, diz o trecho que mais preocupou os jogadores mais atentos, que já estão com receio de a empresa utilizar essa checagem para autorizar cada uma das sessões de jogo nos computadores.

"Esse bastão? Não é nada não, cara. Só vim trazer um recado da turma dos PCs..."

Desde que esse ponto foi levantado, a Rockstar não se pronunciou sobre o caso, deixando os fãs roendo unhas e especulando sobre como funcionaria de fato o DRM. O maior receio é de essas verificações aconteçam em um intervalo muito curto, fazendo com que seja realmente obrigatório estar conectado 100% do tempo para que o título seja jogado. Choveu e a internet caiu? Azar e boa sorte no telefone com a sua operadora – ou no apelo para São Pedro.

Esse tipo de verificação não é novidade para os jogadores de PC, mas é uma ferramenta que nunca é bem recebida pelo público. O problema é que, geralmente, o recurso acaba afetando mais o usuário que efetivamente está dentro da lei e fez a compra do game original do que a pessoa que fez o download de uma versão pirata – que normalmente é crackeada para burlar as checagens.

Espera-se que a Rockstar esclareça em breve a situação para o público, explicando se tudo não passou de um mal entendido ou se a desenvolvedora pretende pegar o mesmo caminho das pedras percorrido pela EA com seu SimCity. GTA V chegou ao PlayStation 3 e Xbox 360 em setembro de 2013, ao PlayStation 4 e Xbox One em novembro de 2014 e está previsto para lançamento nos PCs daqui há alguns meses, no dia 24 de março.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: