A Kentucky's University of Pikeville oferecerá pelo menos 20 bolsas de estudo para os membros da equipe de League of Legends da universidade, segundo o que o diretor de novas mídias da instituição, Bruce Parsons, informou à rede de televisão local WYMT.

De acordo com a instituição, as bolsas dadas para os eSports seguirão o mesmo padrão das oferecidas pelos programas de atletismo tradicionais. “Nós vamos tratá-los como qualquer atleta da universidade. Haverá tempo de prática e tempo de vídeo, quando eles tiverem que estudar outras equipes para as competições”, completou Parsons. 

O diretor acredita que haverá uma enorme procura pelas bolsas, tanto em âmbito nacional quanto internacional. “O que faz um bom jogador de League of Legends e eSports também faz um bom aluno”, conclui.

A liga universitária de eSports

A universidade não é a primeira nos Estados Unidos a fazer isso. No ano passado, a Robert Morris University, em Illinois, deu o primeiro passo para colocar os americanos na Collegiate StarLeague, um tipo de liga em que mais de 230 universidades competem entre si.

O campeonato envolve quatro games: League of Legends, HearthStone, StarCraft 2 e Dota 2, todos jogos de muita influência no cenário competitivo online. É tudo muito bem organizado, com regras para a participação das universidades, como qualquer liga de esportes profissionais.

Quer saber mais sobre a Collegiate StarLeague e quais universidades participam? Confira o site oficial deles (em inglês) e tente uma vaguinha em uma delas. Boa sorte!

Cupons de desconto TecMundo: