A Unidade de Combate ao Crime Organizado do Sudeste (SEROCU) prendeu no último dia 30, no Reino Unido, um jovem de 22 anos acusado de fazer parte do Lizard Squad, grupo hacker que se diz responsável pelos ataques DDoS que deixaram a PSN e a Xbox LIVE fora do ar durante o Natal de 2014. As informações são do The Daily Dot.

A residência de Vinnie Omari foi revistada pela polícia britânica, que apreendeu, conforme explica o jornalista investigativo Brian Krebs, diversos dispositivos eletrônicos para investigação – foram confiscados aparelhos como laptops, celulares, extensões USB e até mesmo um Xbox One. Via Twitter, o acusado negou qualquer ligação com o Lizard Squad.

“Viram? Eu disse a vocês que não sou, na realidade, um membro do Lizard Squad. Não foi legal [ter tido a residência] invadida às 7h30”, escreveu Omari. Após pagar fiança, o jovem foi então liberado; no dia 10 de março, ainda segundo Krebs, mais esclarecimentos deverão ser prestados por Omari junto das autoridades britânicas.

Ataques via PayPal

Importante mencionar que o envolvimento do rapaz com o os ataques realizados durante o Natal de 2014 não foi confirmado até o momento. A ação desta semana, assim, teve o objetivo de encontrar qualquer evidência que ligue Omari a ações hacker em seus “endereços de email, nomes de usuário, senhas e documentos com nomes associados ao PayPal”.

Acusações

Apesar de ter ganhado os holofotes da mídia em decorrência de sua aparente ligação com o Lizard Squad, Omari é investigado também por ter supostamente participado de uma série de fraudes cometidas via PayPal.

“A prisão executada ontem (30/12) está relacionada com uma investigação em andamento sobre fraudes virtuais que aconteceram entre 2013 e agosto de 2014, nas quais vítimas reportaram roubos cometidos por meio de suas contas PayPal”, diz nota publicada pela Thames Valley Police.

O relatório oficial divulgado pelas autoridades inglesas não mencionou as investigações sobre os ataques feitos contra a Xbox LIVE e a PSN. Os documentos publicados pelo jornalista Kreb e também pela polícia, contudo, citam o dia de 10 de março como data em que o depoimento  do jovem deverá ser prestado.

Suspeito finlandês

Também segundo informa o The Daily Dot, o FBI diz estar investigando um jovem finlandês ligado ao Lizard Squad. A informação foi devidamente confirmada pelo órgão estadunidense. Mais detalhes quanto à tramitação das ações policiais não foram divulgados. Ainda nesta semana, membros do grupo hacker responsáveis por atacar a PSN e a Xbox LIVE disseram ter tido a intenção de “dar uma lição na Sony e Microsoft” (leia mais aqui).

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: