Counter-Strike fez (e ainda faz) parte da vida de muitos gamers mundo afora. O título da Valve abriu as portas para um gênero que estava meio “morno” e foi um dos grandes responsáveis pela popularização de jogos em rede no início do nosso século. Quem não se lembra de “de_dust”, “de_dust2”, “cs_assault”, “de_aztec”, “de_inferno”, “cs_italy”, “cs_militia”, todos mapas desse maravilhoso game.

Porém, uma das opções consideradas por muitos jogadores como a melhor de todas é “de_train”. Para essas pessoas, estamos prestes a dar a melhor notícia do ano: para o próximo update de Counter-Strike: Global Offensive, esse mapa será totalmente remodelado pela Valve.

Uma prévia das mudanças pode ser conferida no vídeo que abre esta matéria. Segundo a página oficial do game, o mapa foi “reconstruído do zero, a fim de melhorar tanto o aspecto gráfico quanto o equilíbrio da jogabilidade competitiva deste local icônico”.

“Train é um mapa memorável e clássico de Counter-Strike. Estamos animados para começar um novo capítulo na história de Train com a liberação de uma nova versão atualizada de Counter-Strike: Globa Offensive”, lê-se na página.

“Nosso objetivos principais eram melhorar o balanceamento da jogabilidade no mapa, ao mesmo tempo em que atualizamos a experiência visual de um modo geral. Isso significa fazer alterações de layout intuitivas e então reinterpretar elementos de grande e pequena escola no ambiente para aprimorar a noção de espaço e distância”.

Segundo o site, Train já está disponível em CS: GO no Competitive Matchmaking e outros modos de jogos que fazem parte do grupo de mapas Operation Vanguard. Que homenagem bonito essa da Valve, não é mesmo?

Principais mudanças

No chamado Bombsite A, os ajustes foram feitos para aprimorar a estratégia de tomada ou retomada do local. Verificar a existência de inimigos escondidos era muito difícil no layout antigo de Train. Agora, a construção do espaço favorece aqueles que precisam se defender (CR ou TR), dispensando a necessidade de se envolver em fogo cruzado. A redução de três para dois túneis é a mudança que se destaca.

Antes / Depois

O túnel central na parte do mapa pertencente aos Contra-terroristas foi removido. Segundo a publicação, essa mudança tornas as investidas por esse local (tanto dos CTs como dos TRs) “mais seguras”. A visibilidade nos outros dois túneis foi aprimorada.

Ainda no Bombiste A, os jogadores vão reparar o “sumiço” de alguns trens. O comumente chamado de “Popdog” foi removido, deixando um amplo espaço aberto para investidas com granadas de fumaça. A “porta” dos Terroristas ao local também foi reposicionada, permitindo uma entrada mais rápida.

Antes / Depois

O Bombsite B experimentou mudanças mais sutis, com o foco em deixar o local mais fácil de preparar para um ataque. Agora, é possível tacar granadas de flash ou fumaça a partir dos túneis sem se colocar em muito perigo. Alterações também eliminaram alguns locais muito favoráveis aos Contra-terroristas neste Bombsite.

Antes / Depois

A partir da base CT, também foi criada uma nova entrada para o Bombsite B. Ela fica exatamente no meio das duas passagens existentes anteriormente (que ainda permanecem lá), o que possibilita uma opção a mais de investida para quem vai invadir o local.

.....

Enfim, as mudanças são muitas, mas todas para incentivas a competitividade e promover o balanceamento das partidas. Apesar das críticas que alguns podem tecer a respeito das alterações, com essa reconstrução, a Valve pretende “reviver” um mapa que estava adormecido. Só temos uma coisa a dizer: é melhor se preparar para boas horas de jogatina nesse clássico mapa.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: