Essa vai dar o que falar: de acordo com os resultados mensais do NPD, empresa que realiza estudos de mercado em vários segmentos, o Xbox One superou o PlayStation 4 em número de vendas nos Estados Unidos e no Reino Unido. Esse é um ótimo resultado para o console da Microsoft, que vinha levando “pancada” nos últimos 10 meses.

O saldo positivo foi comentado pelo vice-presidente do departamento de marketing do Xbox, Mike Nichols: “Estamos empenhados em fazer do Xbox o melhor lugar para jogar, com os melhores jogos do ano, com a melhor comunidade de gamers para se divertir e um ótimo preço. E ficamos maravilhados com a empolgação que os fãs do Xbox demonstraram no começo desse feriado [período de  Natal e ano novo]. Novembro foi um novo recorde de vendas para o Xbox One, console mais vendido nos Estados Unidos e Reino Unido”.

Ainda segundo o figurão, outro recorde foi estabelecido quando se trata da Xbox Live: a empresa afirma que, em novembro, mais fãs entraram na plataforma online da Microsoft do que em qualquer outro mês desde o lançamento. Isso, de acordo com Nichols, apenas mostra o entusiasmo e colaboração dos fãs da família Xbox.

Phil Spencer comemora, mas sempre profissional

O “cabeça” da divisão do Xbox na Microsoft, Phil Spencer, também aproveitou o fato para comentar os resultados alcançados por seu console. Como de costume, o figurão se mostrou muito profissional e ético, evitando comentar especificamente os números apresentados pelo NPD.

“Obrigado pelas felicitações. E a ‘morte dos consoles’ predita há 18 meses? Parece que os video games estão bem, com grandes jogos e vendas para nossa indústria”.

Aproveitando a deixa, Spencer também comentou que está focando na E3 e que não planeja nenhum evento do porte da PlayStation Experience para o Xbox. Mostrando ainda mais seu lado profissional, o figurão ainda tece um elogio sutil à iniciativa da Sony.

Apesar dos bons resultados da Microsoft com seu console, o Xbox One ainda não conseguiu superar o PS4 em número total de vendas. Especula-se que o video game da Sony já tenha chegado à casa dos 13,5 milhões de unidades entregues aos consumidores. Seu concorrente, entretanto, ainda se aproxima dos 10 milhões.

E os jogos?

Como de costume, o NPD também contemplou a venda de jogos durante o período de novembro. Só tem coisa boa:

Destaques? Só se for para a Nintendo

Apesar dos resultados favoráveis ao Xbox One e PlayStation 4 por causa dos dois primeiros títulos do ranking, o destaque mesmo fica por conta dos jogos da Nintendo. Com três exclusivos na lista, a Big N mostra que realmente consegue rivalizar com os concorrentes quando o assunto são os games (nada de discussão sobre gráficos, jogabilidade, hardware etc).

Como ela briga praticamente sozinha nessa disputa, figurar no top 10 e ainda com três títulos distintos é algo a ser levado em consideração. Call of Duty: Advanced Warfare, por exemplo, tem a vantagem de ser vendido em cinco plataformas diferentes.

E a virada? Será que é uma tendência?

É difícil dizer, mas indícios fortíssimos apontam para uma nova virada do PS4 para os próximos meses, especialmente em dezembro. O que provavelmente vai contribuir para isso é o anúncio de Street Fighter V e Uncharted 4: A Thief's End, dois títulos que são exclusivos para o console da Sony quando o assunto são os video games de mesa (lembrando que o Street Fighter V também vai sair para os PCs).

Porém, depois disso ninguém sabe. Dependendo das ações da Microsoft para o próximo ano, pode ser que haja uma manutenção do quadro, mas é impossível dizer. O resultado final nós já sabemos: mais diversão para nós, gamers, independente de qual seja a plataforma escolhida.

Via BJ

Cupons de desconto TecMundo: