Um grupo de pesquisadores, em conjunto com a Google, descobriu a menor quantidade de movimentos para resolver o Cubo de Rubik – quantia chamada de “número de Deus”. Segundo a equipe que conta com um engenheiro, dois matemáticos e um programador, é possível solucionar o emaranhado de quadrados coloridos com apenas 20 movimentos.

O Cudo de Rubik, mais conhecido como “cubo mágico”, é um quebra-cabeça tridimensional inventado em 1974 pelo húngaro Ernõ Rubik. Depois que virou brinquedo com preço relativamente baixo, a invenção se tornou o jogo do gênero mais vendido no mundo – o cubo mágico já “quebrou” a cabeça de muita gente.

Os pesquisadores estudaram a fundo as 43.252.003.274.489.856.000 posições possíveis em um modelo do brinquedo. Primeiramente, eles particionaram esse número gigantesco em 2.217.093.120 partes iguais. Aplicando alguns conceitos matemáticos o grupo reduziu o problema para 55.882.296 conjuntos para só então, com a infraestrutura computacional da multinacional, chegar à fórmula “divina”.

O quebra-cabeça tridimensional mais vendido no mundo.

Fonte: Wikipédia

O resultado de 15 anos de experimentos foi um algoritmo extremamente complexo, mas que consegue resolver qualquer posição do cubo mágico em 20 movimentos ou menos. De acordo com a equipe de pesquisa, essa marca é atingida independentemente do quanto o quebra-cabeça 3D seja embaralhado.

O primeiro registro do “número de Deus” aconteceu em 1981 com 52 movimentos. O recorde anterior ao deste grupo de pesquisadores era de 22, atingido no ano de 2008. Quer saber mais sobre o projeto? Clique aqui e veja como aprender a resolver o seu cubo mágico em alguns minutos.

Cupons de desconto TecMundo: