Jesper Engström, da Talawa Games (Unmechanical), recebeu o troféu da categoria Melhor Jogo (Fonte da imagem: Reprodução/BJ)

Chegou ao fim a primeira edição do Brazilian International Game Festival (BIG), evento que aconteceu na cidade de São Paulo e que reuniu fãs e desenvolvedores de games independentes para conversas, palestras, oficinas, networking e, principalmente, uma ou outra partida dos jogos que participaram do BIG.

Na última sexta-feira (30), foram anunciados os vencedores de diversas categorias que concorreram ao montante de R$ 56 mil em prêmios, entre eles estava a equipe Catavento, vencedora campeonato Dev Island, cujo desafio era a criação de um game em 24 horas, a partir do zero e sem internet.

Pro Gamer: The Game ganhou a competição Dev Island (Fonte da imagem: Reprodução/BJ)

O jogo desenvolvido por eles se chama “Pro Gamer: The Game” e discorre sobre uma vida que todos que participaram do evento conheciam muito bem: a de um desenvolvedor independente de games. Apesar dos gráficos e da jogabilidade simples, é impossível negar que a equipe esbanjou originalidade e criatividade ao abordar o assunto.

Quem também se destacou foi a empresa canadense Minority Media, criadora do game Papo & Yo. Esse dramático jogo baseado em uma história real levou para o hemisfério norte os prêmios de “Melhor jogo pelo voto Popular” e “Melhor Narrativa”. A brasileira Talita Goldstein, da Minority, aconselhou os jovens talentos do Brasil a serem persistentes e cultivarem contatos na área para chegar ao sucesso.

Depois de algum suspense e de muitos vencedores, chegou a hora de conhecer a grande estrela da noite, que ganharia a categoria de “Melhor Jogo”: o prêmio ficou com Unmechanical, título que mistura puzzle e aventura e criado pela empresa sueca Talawa Games. Além do troféu, a companhia embolsou o prêmio de R$ 30 mil.

Confira abaixo a relação completa dos vencedores do festival:

  • Melhor Jogo Online - O melhor game online, escolhido por voto popular entre os 40 disponíveis, foi o Jelly Scape, do estúdio brasileiro TawStudio, que recebeu R$ 5 mil;
  • Melhor jogo pelo voto PopularPapo & Yo, da empresa canadense Minority Media;
  • Melhor Som - Unmechanical, da sueca Talawa Games, recebeu R$ 2 mil;
  • Melhor ArteWonderputt, da Damp Gnat, do Reino Unido, recebeu R$ 2 mil;
  • Melhor NarrativaPapo & Yo, da Minority Media, também conquistou a categoria Melhor Narrativa, cujo prêmio foi de R$ 2 mil;
  • Melhor Gameplay - O jogo premiado com R$ 2 mil foi Tiny and Big: Grandpas Leftovers, da alemã Black Pants;
  • Revelação Brasil - Out There Somewhere, dos desenvolvedores brasileiros da Miniboss, receberam troféu, mais R$ 7 mil e uma licença para usar o software para desenvolvimento de jogos Unity Full Version;
  • Melhor Jogo - O grande vencedor da noite foi o jogo Unmechanical, criado pela Talawa Games. Eleito por um júri formado por Chris Avellone, Jason Della Rocca e Leah Hoyer, os desenvolvedores indie receberam  R$ 30 mil;
  • DemoNight - XH20 (Single Player com elementos de puzzle), desenvolvido pela brasileira PetitFrabrik, que recebeu um troféu pela conquista; e
  • Dev Island (Desafio 24 horas) - O jogo vencedor do desafio 24 horas foi o Pro Gamer: The Game, da equipe brasileira Catavento, que recebeu R$ 6 mil.

Via Tecmundo

    Cupons de desconto TecMundo: